A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

10/02/2010 12:14

Projeto proíbe venda de carne previamente moída em MS

Redação

Está tramitando na Assembléia Legislativa projeto que pode tornar Lei a proibição da venda de carne previamente moída em açougues e supermercados de Mato Grosso do Sul.

O autor do projeto, deputado Pedro Kemp (PT), diz que os estabelecimentos vão ser obrigados a moer a carne na presença do consumidor, que acompanhará o processo.

Ele alega que é comum que os estabelecimentos vendam a carne previamente moída, sem que o consumidor vistorie a qualidade do produto. "A forma como a carne pré-moída é produzida e armazenada pode significar um grande risco a saúde do consumidor, uma vez que, a simples mistura de parte do intestino de um animal pode contaminar o alimento com a bactéria escherichia coli que é extremamente nociva ao ser humano", pondera.

Kemp lembra que nos Estados Unidos, em novembro do ano passado, um surto de infecção causada pela bactéria escherichia coli levou à morte ao menos duas pessoas e outras 28 ficaram doentes. Segundo o boletim do Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, 16 pessoas foram internadas e três desenvolveram falência dos rins pela contaminação da bactéria.

Outra preocupação é quanto ao armazenamento dessa carne. Kemp diz que não há garantia, por exemplo, da qualidade do produto distribuído em embalagens de isopor e, principalmente, da carne distribuída em grandes bandejas expostas ao consumidor.

"A medida para evitar a contaminação e o consumo de um produto sem qualidade é relativamente simples, basta fazer com que os estabelecimentos comerciais sejam impedidos de moerem a carne previamente, e passem a moer somente no ato da venda e na presença do consumidor", justifica.

Caso o projeto seja aprovado e a Lei sancionada, a multa para o estabelecimento comercial que descumprir a legislação é de 500 UFERMS, cerca R$ 6.500, podendo ser cobrada em dobro em caso de reincidência.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions