A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

11/02/2010 14:32

Próximo do PT, Trad troca rasgados elogios com Vander

Redação

Mostrando que está cada vez mais próximo do PT e de apoiar a ministra Dilma Roussef à presidência da República, o prefeito Nelsinho Trad (PMDB) trocou hoje rasgados elogios com o deputado federal Vander Loubet, durante inauguração da nova sede da Agetran.

O petista iniciou seu discurso elogiando o poder de articulação política de Nelsinho, que com sua ajuda, conseguiu garantir R$ 55 milhões para o trânsito da Capital, pouco antes do Natal.

"Tenho dito por onde passo da parceria competente que sua administração tem conseguido fazer com toda a bancada e com o governo federal. Temos que ressaltar a competência da equipe técnica e a articulação política do prefeito na busca de recursos. Eu acho que na política moderna as pessoas têm de ter essa capacidade de não olhar a árvore, e sim a floresta, não olhar cor partidária, olhar os interesses da população, ou seja, me orgulha muito poder estar ajudando, dá gosto de ajudar quem trabalha e quem consegue elaborar os projetos da forma mais correta possível", declarou Vander, arrancando aplausos de amarelinhos, secretários, assessores e lideranças ligadas a Nelsinho.

Antes mesmo de cumprimentar as autoridades presentes, o prefeito abriu seu pronunciamento agradecendo ao empenho do deputado petista na busca por recursos em Brasília.

Também elogiou seu espírito autruísta, por ajudar a angariar verbas para a Capital logo após ter perdido para o próprio Nelsinho as eleições para prefeito de Campo Grande, em 2005.

"Confesso que não sei se eu teria a virtude que você tem. No dia 11 de janeiro de 2005, precisei de alguns parlamentares para me acompanhar numa audiência com o ministro da Saúde e resolver o problema da Santa Casa. Quem liderou essa fila para ajudar a aglutinar a bancada foi o Vander, isso me marcou muito, essa virtude mostra o tamanho do seu coração e da sua responsabilidade com a cidade. Tenho orgulho de ter essa parceria com você porque quando você quer ser parceiro, você vem e mostra resultado", discursou o prefeito.

Nelsinho também disse ter ficado "paralisado" ao receber telefonema da presidenciável Dilma Roussef, anunciando a liberação dos recursos.

O prefeito tem provocado polêmica, principalmente dentro de seu partido, com suas declarações elogiosas e o ensaio de apoio à candidatura petista à presidência.

O prefeito disse que não vai contra quem o está ajudando, ou seja, destinando recursos à Capital.

Uma das manifestações de repúdio a esse comportamento de Nelsinho partiu do presidente da Assembléia, Jerson Domingos (PMDB). Ele disse que o governador André Puccinelli "não precisa de Dilma" para vencer a corrida eleitoral deste ano.

O próprio governador se mostrou irritado com questionamentos acerca da possibilidade de apoio do prefeito à ministra.

"Eu não acho nada, nem falei com ele sobre isso, nem pedi nada pra ninguém, nem determinei nada pra ninguém, só vou falar de política 31 de março", declarou, no fim de janeiro, em uma das poucas vezes que comentou o assunto.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions