ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 28º

Política

PSDB anuncia deputado Barbosinha como vice de Riedel para disputar o governo

José Carlos Barbosa, do PP, é deputado estadual e já foi secretário na gestão Azambuja

Guilherme Correia e Gabriela Couto | 05/08/2022 11:50
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
José Carlos Barbosa (no centro), o Barbosinha, será vice da chapa Riedel. (Foto: Kísie Ainoã)
José Carlos Barbosa (no centro), o Barbosinha, será vice da chapa Riedel. (Foto: Kísie Ainoã)

O PSDB anunciou nesta sexta-feira (5), em convenção partidária, que o deputado estadual José Carlos Barbosa (PP), o Barbosinha, será o vice do candidato ao governo de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel (PSDB).

Riedel afirma que ele foi escolhido em meio a “excelentes quadros”, de diferentes partidos que compõem a aliança regional.

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afirmou que é “uma pessoa que engrandece a chapa e representa uma região importante, que é a Grande Dourados”.

Natural de São Simão (GO), ele tem 58 anos e se mudou para Angélica, ainda criança. Formado em Direito, foi prefeito do município sul-mato-grossense entre 1989 e 1992, presidiu a Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul) em 2007, e foi eleito deputado estadual em 2014.

Em 2016, foi secretário estadual de Justiça e Segurança Pública, na gestão Azambuja, e em 2018, voltou à Casa de Leis.

“Vai ser um vice atuante, que fará defesa de políticas públicas, em benefício de Mato Grosso do Sul, pela qualidade de gestão e experiência administrativa que, com certeza, ele trará para ajudar o Eduardo [Riedel]", disse Azambuja.

O ex-secretário de Infraestrutura da gestão Azambuja acredita que o governo do Estado será definido em dois turnos, por haver alta competitividade. “Acho que é uma eleição de dois turnos sim. Há um volume grande de candidatos. Na história do Mato Grosso do Sul, talvez não tenhamos tido uma eleição com tantos candidatos e candidatas que têm histórico no Estado.”

Presidência - Riedel ressaltou que a aliança com a candidata a senadora Tereza Cristina (PP) está alinhada com o apoio a Jair Bolsonaro (PL), para a Presidência. “É uma aliança que consolida essa relação com a reeleição do presidente Bolsonaro. Estamos muito tranquilos aqui e felizes com o apoio dele, no nosso Estado.”

Ainda assim, o PSDB, em Mato Grosso do Sul, participa de coligação com PDT, que tem Ciro Gomes como candidato, e PSB, que definiu Geraldo Alckimin como vice de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“A gente tem definido aqui uma aliança do Estado. Outros partidos, e são muitos que têm outras opções, estão vindo conosco pelo projeto de Mato Grosso do Sul. Eles têm suas preferências e nós respeitamos isso.”

Nos siga no Google Notícias