A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

13/01/2009 18:50

PSDB pode decidir amanhã futuro de secretários de Trad

Redação

O PSDB pode decidir amanhã, em reunião com o prefeito Nelsinho Trad (PMDB), se os secretários tucanos Maria Cecília Amêndola da Motta (Educação) e Carlos Alberto (Funesp) permanecem em seus cargos.

Não está confirmado, mas ficou pré-agendada reunião entre o prefeito e a cúpula tucana nesta quarta-feira à tarde.

Entretanto, a senadora Marisa Serrano conversou com o presidente regional do partido, deputado estadual Reinaldo Azambuja, e ele revelou que ainda não foi procurado pelo prefeito.

Marisa, inclusive, foi mais incisiva e disse que ainda não sabe nem se o prefeito quer continuar com o PSDB ao seu lado.

"Não sei se o prefeito quer continuar conosco, ele não falou nada, se ele achar que a nossa relação política é importante, ele tem que nos falar. Tudo vai depender de uma conversa com o Nelsinho", declarou ao Campo Grande News.

Durante o anúncio do secretariado, ocorrido recentemente, Nelsinho disse que os dois tucanos continuariam interinamente no cargo, até que as principais lideranças do partido retornassem de férias para definir se trocam ou mantém os dois nos cargos. Agora, o partido espera o chamado do prefeito para discutir o assunto.

Entretanto, não é só o fato de trocar ou não os secretários que está em pauta: há uma corrente dentro do PSDB que defende o rompimento da aliança com o PMDB no Estado.

O presidente do ITR (Instituto Teotônio Vilela), Ben-Hur Ferreira, admitiu que esta discussão está "muito forte" dentro do PSDB. Porém, ele entende que o assunto precisa ser tratado com muita cautela.

"Acho que essa avaliação de romper ou não é muito precipitada, mas posso adiantar que esta discussão está bem forte dentro do PSDB.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions