A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Abril de 2018

22/12/2010 11:07

PT em Dourados recebe orientação contrária, mas ainda avalia coligar-se ao DEM

Marta Ferreira

Executiva Nacional rejeita aliança, mas diretório mantém possibilidade

Embora tenha recebido uma orientação da Comissão Executiva Nacional do PT para não se coligar ao DEM, partido do vice-governador Murilo Zauith na disputa pelas eleições extemporâneas de Dourados, o comando do partido na cidade continua considerando essa hipótese.

O presidente do Diretório, Pedro Alves Pereira, conhecido como Tenente Pedro, disse que o documento enviado no dia 20 pela direção nacional do PT nacional do PT não significa uma ordem, mas sim uma recomendação para que não sejam feitas coligações com partidos fora da base aliada do governo federal.

Pereira afirmou que, apesar desse posicionamento, o partido também definiu que, nos municípios com menos de 200 mil habitantes, a decisão é dos delegados municipais e deve ser referendada pela Executiva Regional.

De acordo com ele, a decisão sobre o assunto será tomada pelos 152 delegados do partido na cidade em encontro marcado para o dia 30.

O encontro estava previsto para ontem, mas foi adiado, diante da comunicação Comissão Executiva, que cobrou o cumprimento do calendário proposto pela Secretaria de Organização.

Divididos-Quando ao rumo que o PT está mais propenso a adotar em Dourados, o presidente do diretório diz que há muita divisão. Lembrou que existe a pré-candidatura do vereador Elias Ishy, apoiada por parte da legenda na cidade, mas existe também uma forte corrente que defende a coligação com o DEM e o apoio a Murilo Zauith.

Segundo ele, o encontro no dia 30 vai definir qual é a corrente vencedora e, depois disso, o resultado deverá ser homologado em convenção no dia 2 de janeiro.

Caso a definição seja pelo apoio ao candidato do DEM, a Executiva Regional terá de referendar a decisão, segundo o presidente do Diretório do PT em Dourados.

Pelo andar das negociações em Dourados, a demora do PT em definir seu rumo pode afastar essa possibilidade de coligação com o DEM, já que o PMDB se mobilizou e é apontada como quase certa uma aliança entre as duas legendas.

Artuzi defende candidatura de Murilo
“Gostaria que tivesse só ele de candidato”, diz ex-prefeito O ex-prefeito Ari Artuzi afirmou nesta terça-feira que apóia a eleição do vice-governado...
Murilo espera definir vice nesta semana
Democrata possui apoio de 10 partidos e conversa com PSDB e PTCandidato a prefeito de Dourados com o apoio de 10 partidos, o vice-governador Murilo ...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions