A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

23/03/2010 08:25

PT se reúne com Zeca e tenta apagar incêndios internos

Redação

A cúpula do PT se reúne hoje à tarde com o ex-governador Zeca do PT e tenta apagar os últimos incêndios internos causados pela falta de unidade nos discursos e ações.

Na prática, deputados e demais lideranças do partido, incluindo o presidente Marcus Garcia, reclamam de tratativas e até decisões que estão sendo tomadas nos bastidores, com outras legendas, sem que isso seja primeiro discutido internamente.

"Vamos afinar o discurso, temos que falar a mesma língua", diz o presidente da Executiva Regional.

Um dos assuntos que mais tem incomodado é a indicação dos suplentes de senador. Um grupo de petistas, liderado por Zeca do PT, lançou o nome de Gilda dos Santos, esposa do ex-governador, para ser suplente de Dagoberto Nogueira (PDT).

O "atropelamento" do processo, sem que a cúpula do partido seja consultada, irritou alguns líderes da legenda.

"Ainda não tem nada definido, tem gente contra e a favor da indicação, isso precisa ser discutido", declarou o dirigente.

Outro episódio que irritou o comando partidário e os deputados do partido foi a conversa de Zeca com o suplente de Delcídio do Amara, Antônio João Hugo Rodrigues.

Durante o encontro, anunciado pelo próprio empresário em seu Twitter, Zeca teria discutido a possibilidade de permanência de Antônio João na vaga.

"Isso tem que ser discutido primeiro dentro do partido", diz Marcus Garcia.

Antes, o presidente da Acrissul (Associação dos Criadores de Mato Grosso do Sul), Chico Maia, já havia sido apresentado ao presidente Lula como vice de Zeca, o que também irritou a cúpula petista.

Outro assunto a ser debatido é a agenda unificada entre Zeca e Delcídio, cobrança feita principalmente pela bancada do partido na Assembléia Legislativa.

Enquanto Delcídio concorda, pelo menos via imprensa, em promover encontros junto com o ex-governador, Zeca diz que isso só deve acontecer quando a campanha for efetivamente deflagrada.

"Agora o Delcídio precisa cumprir a agenda dele de senador, campanha é mais tarde", diz Zeca, mostrando clara resistência em unificar as agendas.

Marcus Garcia, presidente do partido, disse que vai conversar com Zeca hoje, às 14h, com outros líderes do PT, e tentar demovê-lo deste pensamento.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions