A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

08/01/2009 16:01

PTB "enquadra" filiados para se reestruturar em MS

Redação

Visando se reestruturar em Mato Grosso do Sul, após uma "montanha russa" de problemas internos, o comando estadual do PTB está "enquadrando" as comissões provisórias municipais, na tentativa de filtrar quem realmente está disposto a se comprometer com o partido.

Correspondência assinada pelo presidente estadual da legenda, Ivan Louzada, foi endereçada a 34 dirigentes de comissões extintas, para saber se estas pessoas desejam ou não continuar à frente do partido no interior do Estado.

O prazo para a realização das convenções expirou em meados de abril e foi prorrogado até o dia 30 de outubro do ano passado. Mesmo assim, segundo Louzada, os membros dos diretórios não foram escolhidos.

Na mesma correspondência, o presidente do PTB cobra o repasse mensal ao diretório estadual, já que muitos municípios estão em falta com os R$ 275 previstos no estatuto partidário.

O PTB tem apenas 24 diretórios constituídos no Estado e trabalha para reestruturas essas comissões provisórias, visando, principalmente, as eleições de 2010.

Na prática, o partido não quer chegar ao próximo pleito enfraquecido, como aconteceu nas eleições municipais do ano passado.

Após passar pelas mãos de vários dirigentes, que acabaram afundando o partido em Mato Grosso do Sul, o PTB tenta se reerguer, e avisa que quer manter independência.

"Não temos nenhum compromisso com esse ou aquele partido, vamos conversar com todos os dirigentes e ver qual o melhor caminho a seguir nas eleições de 2010", afirmou Ivan Louzada.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions