A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

19/08/2009 10:47

Puccinelli diz que Valter é quem perde se deixar PMDB

Redação

O governador André Puccinelli afirmou nesta manhã que o senador Valter Pereira é quem perderá politicamente se deixar o PMDB para viabilizar sua reeleição em outro partido.

Para o governador, Valter estaria "contradizendo sua história" se deixasse a sigla, após tantos anos de filiação.

"Ele tem 30 e tantos anos de MDB", observou.

O governador voltou a dizer que só pesquisas qualitativas e quantitativas vão apontar quem é o melhor nome para enfrentar a campanha de 2010 ao Senado.

Além de Valter, o deputado federal Waldemir Moka disputa o espaço. O prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad e a de Três Lagoas, Simone Tebet, também estão sendo cogitados.

Atualmente, os levantamentos mostram vantagem considerável de Nelsinho em relação aos outros indicados, seguido por Simone, Moka e Valter na "lanterninha".

Puccinelli aproveitou a ocasião para enfatizar que não tem preferência pela candidatura de Moka, "ao contrário do que todos dizem".

Segundo ele, quem tiver mais capacidade de votos ganhará o direito de disputar o Senado em 2010.

Para Puccinelli, a assédio a Valter Pereira é um reconhecimento. "Prova que ele tem grande valor. Se eu fosse uma moça bonita, gostaria de ser assediado", comparou.

Partidos como o PSDB, PSB e PTB já assediaram o senador Valter Pereira. Entretanto, ele resiste à idéia de deixar o PMDB.

Aliados

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions