A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

14/08/2013 10:59

Puccinelli garante repasse mensal de R$ 150 mil a Centro de Prevenção do Câncer

Aliny Mary Dias e Leonardo Rocha
Hospital foi inaugurado nesta quarta e precisará de R$ 300 mil por mês (Foto: Cleber Gellio)Hospital foi inaugurado nesta quarta e precisará de R$ 300 mil por mês (Foto: Cleber Gellio)
Puccinelli disse que irá “pagar a diferença” e deu a entender que os outros R$ 150 mil serão pagos pelo Governo. (Foto: Cleber Gellio)Puccinelli disse que irá “pagar a diferença” e deu a entender que os outros R$ 150 mil serão pagos pelo Governo. (Foto: Cleber Gellio)

Cobrado pela família do empresário Antônio Morais dos Santos, responsável pela construção do Centro de Prevenção do Câncer e unidade do Hospital de Barretos, o governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que irá custear 50% do valor necessário para manter o hospital todos os meses.

O centro foi inaugurado na manhã desta quarta-feira (14) e deverá fazer uma média de 150 exames por dia em Campo Grande.

Durante a cerimônia de lançamento, uma das filhas do empresário cobrou o governador por não ter feito investimentos na construção do centro. O gasto mensal do hospital será de R$ 300 mil e o SUS (Sistema Único de Saúde) ficará responsável por repassar a metade do valor.

Em resposta à cobrança da família, Puccinelli disse que irá “pagar a diferença” e deu a entender que os outros R$ 150 mil serão pagos pelo Governo. Antes da promessa do governador, a família afirmou que durante esse ano, a diferença seria paga pelo próprio empresário.

Puccinelli antecipou que a segunda etapa do programa MS Forte apresentará um investimento de R$ 95 milhões em entidades que promovem o bem social. O governador espera que no próximo ano haja um aumento de 7% no teto estipulado para o programa.

Com o valor a ser anunciado nesta quinta, o programa terá investido R$ 3,6 milhões no Estado. Do montante, 66% são recursos próprio do Governo e o restante é repassado pela União.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions