A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

20/03/2010 12:15

Puccinelli promete "tudo" a Murilo e dá recado a infiéis

Redação

O governador André Puccinelli não anunciou, mas reforçou a intenção de ter o vice-governador Murilo Zauith (DEM) na dobradinha com Waldemir Moka (PMDB) para o Senado.

Logo ao chegar no município, em entrevista à emissora de rádio da cidade, Puccinelli comentou a posição de quem é contra a idéia.

"Agora argumentam que é suicídio o Murilo ser candidato (ao senado). Têm o mesmo apoio, a mesma intensidade, a mesma estrutura. Só não poderão entrar no banheiro, os dois juntos comigo", brincou.

Ele garantiu que não faz e nem fará pressão para que Murilço aceite o convite. "Se ele topar, porque a decisão vai ser dele, e não vou pressioná-lo. Ele (Murilo) me trouxe uma receita que ele quer de apoio. Darei. E terá igualdade de atenções. Porque em toda minha vida, sou conhecido por ser duro, mas também por cumprir todas os compromissos que eu apalavrei", comentou.

Sobre o terceiro concorrente nessa disputa, o senador Delcídio do Amaral (PT), Puccinelli diz que "ninguém é invencível".

"O Murilo, se quiser ser, tem o desafio de suplantar o Moka, na suposição que ambos fazem de que o Amaral (Delcídio do Amaral) vence. Ninguém é invencível. Lembra do Pedro? Que ficou dormindo em berço esplêndido. O Delcídio ganhou dele de 44 a 40. Então, Dourados quer, Dourados tem, estou atendendo a Dourados. Darei todo apoio e todo respeito", completou.

Questionado sobre as declarações do governador, Murilo foi rápido, dizendo que Puccinelli veio fazer "fumaça" em Dourados.

Puccinelli aproveitou a passagem pelo segundo maior município do Estado, com Ary Artuzi (PDT) ainda como dúvida sobre apoio em 2010, para mandar recados e condenar prefeitos que resolvam tomar outro partido nas eleições de 2010. "E não tem essa de prefeito do PMDB apoiar fora da chapa, porque pesquisas dizem que com muita probabilidade, 98% só de chance de me reeleger".

O aviso foi pontuado por uma promessa. "Prefeito que for infiel, depois de reeleger não darei guarita" .

O governador também confirmou que obra da Perimetral Norte (Anel Rodoviário) começa na primeira semana de abril deste ano.

O governador está em Dourados para entregar 50 casas na Aldeia Bororó e 1.298 cestas básicas, além de ter reunião com famílias do Vale Renda e inaugurar a reforma do prédio do Hemocentro Regional de Dourados, e assinar convênio para construção de 300 unidades habitacionais rurais. (Informações do Dourados Agora)

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions