A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

04/02/2013 16:27

Quase por unanimidade, bancada de MS vota em Henrique Alves

Josemil Rocha

A bancada de Mato Grosso do Sul votou quase que unanimemente no candidato oficial à presidência da Câmara Federal, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Dois oito deputados federais que integram a bancada sul-mato-grossense, apenas Luiz Henrique Mandetta (DEM-MS) destoou da maioria, optando por votar em Júlio Delgado (PSB-MG), embora ele não confirme.


Mandetta não quis dizer qual foi sua opção de voto. “Prefiro não dizer. Isso já ficou para traz”, afirmou esta tarde, em entrevista telefônica ao Campo Grande News. Deixou evidenciado, contudo, que não votou no candidato oficial Henrique Alves: “O que importa é que o PMDB, a quem foi muito dado, será muito cobrado”, declarou ele. Além do que, embora tenha falado bem de todos os outros candidatos a presidente da Câmara, enalteceu especialmente Júlio Delgado, definindo-o assim: “É um deputado muito atuante, do PSB, por quem tenho muito apreço e que é amigo do deputado Nelson Trad (já felecido)”. Mandetta é sobrinho de Trad.

Embora seja filho de Nelson Trad, o deputado federal Fábio Trad garantiu que votou em Henrique Alves. “Sou partidário e o PMDB fechou a favor do Henrique”, disse o parlamentar peemedebista.

Já era previsível esse comportamento da bancada de MS, visto que a maioria dela é constituída por deputados federais que apoiam o governo da presidente Dilma Roussef, que conduziu o acordo entre os partidos da base a favor da eleição de Henrique Alves. O PMDB tem quatro deputados (Geraldo Resende, Edson Giroto, Marçal Filho e Fábio Trad) e o PT mais dois (Antônio Carlos Biffi e Vander Loubet), que são governistas. Da bancada do Estado na Câmara, apenas Reinaldo Azambuja (PSDB) e Luiz Henrique Mandetta (DEM) integram a oposição. Mas o PSDB de Azambuja fechou apoio ao candidato oficial Henrique Alves.

Além disso, o governador André Puccinelli, que é peemedebista, se engajou na campanha a favor de Henrique Alves, que o visitou no dia 16 de janeiro. Naquela ocasião, Henrique comprometeu-se a defender os interesses de Mato Grosso do Sul, prometendo agir como se fosse mais um parlamentar do Estado.

Também influenciou a postura da bancada a favor de Henrique Alves o fato de Biffi ter integrado a chapa oficial, como 4º secretário.

 

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


Esse gesto prova que os nossos parlamentares estão agindo em favor do nosso Estado. Da minha parte estão de parabéns.
 
Olices Trelha em 05/02/2013 06:44:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions