A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

19/06/2015 14:15

Reinaldo espera que Senado modifique pontos da reforma política

Leonardo Rocha
Reinaldo espera que Senado mude regras que ficaram abaixo do esperado na votação da Câmara (Foto: Marcelo Calazans)Reinaldo espera que Senado mude regras que ficaram abaixo do esperado na votação da Câmara (Foto: Marcelo Calazans)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) espera que o Senado Federal possa modificar pontos da reforma política, que segundo o tucano, ficaram abaixo do esperado na votação da Câmara dos Deputados. Entre estas mudanças ele citou a importância de uma eleição geral e o fim das coligações proporcionais.

“A Câmara aprovou uma reforma meio Frankenstein, espero que o Senado faça as mudanças devidas, pois até agora não atendeu as necessidades da sociedade”. Para o tucano a eleição teria que ser unificada, sendo feita a cada cinco anos, tendo também o final das alianças proporcionais.

“Não pode ficar de dois em dois anos, eleição unificada é fundamental, além disto a coligação proporcional deixa de fortalecer os partidos, temos também a questão do voto distrital, para fortalecer os eleitos nesta região, que tem compromisso com o eleitor”, disse ele.

Reinaldo ainda comentou que “janela partidária”, pode ser prejudicial sem o fim da coligação proporcional, já que não fortalece os partidos. “Faz parte de uma acomodação política, fica estranho sem as mudanças na reforma”, ponderou.

Sobre o PSDB, o governador voltou a adotar o discurso que é cedo para se falar de eleição, principalmente sem ter todas estas definições da legislação eleitoral. “É prematuro (decisão), as regras da eleição ainda não se solidificou, precisam ser consolidar primeiro”.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions