A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Abril de 2018

08/08/2013 22:18

Relator pede e recurso de Alceu Bueno é retirado da pauta do TRE/MS

Vinícius Squinelo

A pedido do juiz Elton Luís Nasser de Mello, o recurso do vereador Alceu Bueno (PSL), que tenta anular o depoimento de testemunhas que o acusam de compra de votos, não foi julgado na última sessão ordinária do TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral). Bueno é alvo de processo da Justiça Eleitoral de Campo Grande.

O recurso estava na pauta de julgamento do dia 5 de agosto, mas foi retirado de pauta, conforme informações do Diário Oficial do Tribunal Regional Eleitoral. Bueno é defendido pelos advogados Fábio Castro Leandro, Rodrigo Dalpiaz Dias, Fábio Matos de Moraes e Bruno Ramos Albuquerque.

Uma das principais testemunhas confirmou no início deste mês que o vereador Bueno trocou combustíveis por voto nas eleições de 2012. A titular da 36ª Zona Eleitoral, Elisabeth Rosa Baish pode usar as informações para cassar o mandato do parlamentar, que tenta anular os depoimentos.

A distribuição de combustível em troca de votos foi o principal motivo da cassação do mandato o presidente da Câmara Municipal de Campo Grande, Mário César Oliveira (PMDB). Ele recorreu e obteve liminar no Tribunal Regional Eleitoral para continuar no cargo até o julgamento do processo em segunda instância.

Elisabeth já cassou o mandato dos vereadores Delei Pinheiro (PSD), Paulo Pedra (PDT) e Thaís Helena (PT). Como petista se licenciou para assumir a Secretaria Municipal de Ação Social, o cargo é ocupado por Marcos Alex, o Alex do PT, que exerce a função de líder do prefeito Alcides Bernal (PP).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions