A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 24 de Abril de 2018

14/06/2010 16:44

Rigo e Onevan são absolvidos pelo TRE

Redação

Por 5 votos contra 1, o deputado estadual Ary Rigo, hoje no PSDB, foi inocentado em processo movido pelo PDT, por infidelidade partidária.

Na tarde de hoje, o Tribunal Regional Eleitoral também julgou o deputado estadual Onevan de Matos, outro que trocou o PDT pelo PSDB.

Ele foi inocentado como Rigo, mas com 4 votos contra e dois favoráveis a perda de mandato.

O juiz Miguel Florestano Neto votou pela cassação dos dois e Ary Raghiant apenas contra Onevan.

Raghiant considerou que houve perseguição contra Rigo, porque era ele o presidente do partido na época que resolveu deixar o PDT, mas avaliou que o mesmo não ocorreu com Onevan

O relator do processo, Luis Gonzaga Mendes Marques votou pela absolvição dos dois. Perseguição é argumento aceito pela Justiça Eleitoral em processos por infidelidade partidária.

Na última terça-feira, o julgamento foi adiadoporque o advogado Ary Raghiant Neto pediu vistas.

O PDT requereu o mandato dos deputados alegando infidelidade partidária. Rigo e Onevan ingressaram no PSDB em 2009, alegando perseguição política dentro da legenda pedetista.

Havia, segundo eles, a ameaça de negativa de legenda para que disputassem a reeleição.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions