A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

06/03/2014 16:39

Secretária de Bernal admite preocupação com base de apoio “flutuante”

Josemil Arruda e Zana Zaidan
Rtiva disse que expectativa era começar ano em harmonia com o Legislativo (Foto: Zana Zaidan)Rtiva disse que expectativa era começar ano em harmonia com o Legislativo (Foto: Zana Zaidan)

A presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos, Ritva Vieira, admitiu esta tarde que é preocupante a flutuação da base de apoio do prefeito Alcides Bernal (PP) na Câmara de Campo Grande. Hoje, durante a votação de um veto, a base de Bernal que votou pela manutenção ficou restrita a seis vereadores, embora os articuladores políticos do prefeito cheguem a falar em 12 a 14 integrantes. O veto foi derrubado por 15 a seis.

Questionada sobre a inconstância dos vereadores da base de apoio do prefeito, Ritva respondeu: “Isso preocupa, preocupa.... porque a expectativa era começar o ano com mais harmonia com o Legislativo”.

Embora haja essa preocupação, Ritva Vieira ainda acredita que o desfecho será favorável ao prefeito. “Quero crer que os vereadores serão sensatos ao analisar este mérito”, afirmou Ritva esta tarde, após a entrevista do presidente da Câmara da Capital, Mario Cesar (PMDB), atentamente acompanhada por ela e outras duas secretárias, Dharleng Campos (Sedesc) e Jacqueline Romero (Mulher).

Ritva Vieira mencionou também que Bernal deverá recorrer contra a decisão liminar do presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) que garante a retomada do julgamento do prefeito na Câmara de Campo Grande. “Pode passar ainda pelo colegiado”, apontou a dirigente, reafirmando sua crença de que o prefeito não cometeu nenhuma irregularidade nas contratações de fornecedores e prestadores de serviços.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions