A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/04/2013 15:17

Secretários desta vez vão à Câmara e evitam convocação de Bernal

Josemil Rocha e Helton Verão
Supersecretário Gustavo Freire desta vez respeitou a convocação da Câmara (Foto: Arquivo/Vanderlei Aparecido)Supersecretário Gustavo Freire desta vez respeitou a convocação da Câmara (Foto: Arquivo/Vanderlei Aparecido)

Desta vez os dois secretários convocados pela Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara de Campo Grande, Wanderlei Ben Hur, de Planejamento e Finanças, e Gustavo Freire, de Receita e Governo, compareceram no horário determinado, evitando, com isso, o risco de convocação do prefeito Alcides Bernal (PP). A audiência começou pontualmente às 15 horas.

Os dois secretários chegaram na Câmara, no plenário Edroim Reverdito, evitando a imprensa. Não quiseram responder a nenhuma pergunta dos jornalistas. Na convocação anterior, no final do mês passado, Freire não compareceu e houve ameaça de convocação do prefeito Bernal.

Os vereadores querem explicações dos dois secretários sobre as transferências de verbas orçamentárias que já somam R$ 40 milhões, sem passar pela aprovação da Câmara. Para eles, tratam-se de “remanejamentos” que exigiriam autorização legislativa para serem efetuadas. Já o secretário Ben Hur tem defendido que são apenas “suplementações” e dentro do limite autorizado pela Câmara, de 5%, que totaliza R$ 135 milhões.

Também devem ser cobradas, nesta audiência, informações sobre o reajuste de 22% para os professores da Rede Municipal de Ensino, aprovado no final do ano passado. O prefeito Alcides Bernal chegou a denunciar a lei que concedeu o reajuste ao Ministério Público, alegando que não há previsão orçamentária para suportar o reajuste.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions