A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 23 de Abril de 2018

18/05/2017 18:17

Sem cartazes e bandeiras, cerca de 30 pessoas se reúnem contra Temer na Capital

Líderes de movimentos sociais garantem que domingo (21) será diferente

Lucas Junot e Adriano Fernandes
A manifestação segue tímida na Praça do Rádio (Foto: Adriano Fernandes)A manifestação segue tímida na Praça do Rádio (Foto: Adriano Fernandes)

A onda de protestos pelo País, depois do pronunciamento do presidente Michel Temer (PMDB), na tarde desta quinta-feira (18), não chegou a Campo Grande. Cerca de 30 pessoas se reúnem na Praça do Rádio, em manifestação.

De acordo com Eder Arruda, de 51 anos, o movimento de hoje foi organizado de última hora e deverá reunir apenas lideranças de movimentos sociais e sindicatos, como a Frente Brasil Popular, CUT e movimento estudantil. “Hoje é só uma prévia pra domingo (21)”, disse.

O presidente estadual da CUT (Central Única dos Trabalhadores), Genilson Duarte, frisou que o encontro tímido servirá para definir ações até domingo, quando, aí sim, deverá ocorrer um protesto de maior proporção.

Sem cartazes, sem bandeiras, dispersos, eles aguardam outros líderes para estabelecer uma agenda de ações.

Além da renúncia de Temer, eleições diretas e as reformas da Previdência e Trabalhista estarão na pauta de discussões.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions