A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

25/04/2016 18:14

Sem quatro secretários, Bernal diz que acumula pastas e estuda reforma

Antonio Marques
Prefeito Alcides Bernal não substituiu os secretários que deixaram os cargos no início do mês e fala em reforma administrativa (Foto: Fernando Antunes)Prefeito Alcides Bernal não substituiu os secretários que deixaram os cargos no início do mês e fala em reforma administrativa (Foto: Fernando Antunes)

O prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP), disse nesta segunda-feira (25), durante evento no Centro de Convivência do Idoso Vovó Ziza, que deve fazer uma reforma administrativa para reduzir gastos. No início do mês, quatro secretários deixaram suas pastas para disputarem as eleições municipais de outubro e até o momento não foram substituídos.

Deixaram a Prefeitura Paulo Pedra (secretário de Governo), Dharleng Campos de Oliveira (secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo), Ricardo Dal Farra (diretor-presidente da Fundação Municipal de Esporte) e Wilton Edgar Acosta (que ocupava as pastas da Juventude e da Cultura).

Depois de quase 25 dias sem indicar os substitutos para as pastas, Bernal disse que ele próprio está gerindo as secretarias e que nada estaria 'travado'. "Tudo está funcionando plenamente”, garantiu.

Estranhamente, no último dia 18, foi publicado no Diário Oficial de Campo Grande a readmissão dos secretários exonerados em cargos de comissão (assessor especial I). Alguns nas mesmas pastas que atuavam como titulares.

“Estou pensando até em fazer uma reforma administrativa para enxugar a máquina porque nós precisamos economizar”, declarou o prefeito, acrescentando que está trabalhando com o área jurídica para definição da reforma.

Bernal não detalhou que secretarias serão extintas ou que serão fundidas para compor a reforma administrativa. Também não comentou o prazo para a finalização.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions