A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 21 de Setembro de 2017

28/08/2017 09:16

Servidores podem ter falta abonada para participar de reuniões em escolas

Projeto será apreciado pelos deputados na Assembleia Legislativa

Leonardo Rocha
Pedro Kemp, autor do projeto, ao lado de João Grandão (Foto: Assembleia/ALMS)Pedro Kemp, autor do projeto, ao lado de João Grandão (Foto: Assembleia/ALMS)

Os servidores estaduais poderão ter faltas abonadas, quando precisarem participar de reuniões nas escolas dos seus filhos. A intenção é que ps pais tenham tempo para conversar com os professores e coordenadores para saber como está a atuação da criança, até para evitar problemas futuros, seja com aprendizado, notas ou comportamento.

É o que defende o projeto do deputado Pedro Kemp (PT), que lembra que a discussão sobre violência e atos de vandalismo nas escolas está em pauta na Assembleia, sendo importante criar uma lei estadual, para facilitar este contato direto dos pais, com os professores, assim evitar situações piores no futuro.

Para participar da reunião e ter a falta abonada, o servidor terá uma comprovação da instituição educacional. O autor alega que esta questão tem respaldo jurídico tanto na Constituição Estadual, como Federal.

"Participar das reuniões e sempre que possível estar presente na instituição é uma das condições necessárias para o bom andamento da atividade escolar e da aprendizagem dos alunos", diz o petista. Ele destaca que a participação mais efetiva da família neste ambiente escolar, torna este vínculo mais forte entre aluno, pai e professor.

Ele também lembrou que o abono bimestral do ponto dos servidores públicos será uma iniciativa pioneira, que poderá inspirar, outras propostas em outros poderes e iniciativa privada. " Sabemos das dificuldades que os pais ou responsáveis têm para se ausentarem do trabalho para acompanhar mais de perto a vida escolar de seus filhos".

O projeto foi encaminhado para as comissões permanentes, para depois ser votado no plenário, pelos deputados estaduais. Se ele for aprovado, ainda passa pelo crivo do governador Reinaldo Azambuja (PSDB).




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions