ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, QUINTA  22    CAMPO GRANDE 26º

Política

TRE indeferiu 7 candidaturas e ainda tem 200 registros na fila para julgamento

Das 591 candidaturas registradas em Mato Grosso do Sul, 384 foram deferidas pelo TRE

Jéssica Benitez | 28/08/2022 14:39
Campo Grande News - Conteúdo de Verdade
Candidaturas estão disponíveis no DivulgaCand (Foto Reprodução)
Candidaturas estão disponíveis no DivulgaCand (Foto Reprodução)

De 591 candidaturas registradas em Mato Grosso do Sul, 384 foram deferidas, sete reprovadas e 200 ainda aguardam julgamento do TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul). Dos indeferidos, três renunciaram e quatro não cumpriram os requisitos exigidos pela Justiça Eleitoral.

O presidente do sindicado dos Mototaxistas, Dorvair Boaventura (Pode), o representante comercial Clayton Siqueira (Pros) e o vereador Jamal Salém (MDB) apresentaram carta de renúncia. Os dois primeiros postulavam vaga para deputado estadual e o emebista para deputado federal.

Já Adelson Neves (Agir), conhecido como Sou Galã, Lucas Gabriel de Souza (Psol) e Urias Rocha (Rede), que miravam a Assembleia Legislativa, bem como o candidato a primeiro suplente de senador pelo Psol, Márcio Benites, tiveram seus nomes indeferidos.

Conforme consta no registro de candidatura, Adelson deixou de atender pelo menos cinco requisitos para ter seu nome deferido. Questionado pela Procuradoria Regional Eleitoral, ele não apresentou justificativa dentro do prazo estipulado.

Lucas Gabriel não apresentou comprovação de filiação partidária e Urias Rocha porque teve seus direitos políticos suspensos em detrimento de condenação criminal.

Márcio Benites, que era suplente do candidato a senador Anízio Tocchio (Psol), está inelegível porque, como servidor público, não de desincompatibilizou do cargo a tempo para se candidatar.

Nos siga no Google Notícias