A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/03/2014 12:56

Simone diz que não escolhe "missão" e não vê problemas em assumir o governo

Leonardo Rocha
Simone diz que não vê problemas em assumir governo, mas que decisão será de Puccinelli (Foto: Marcos Ermínio)Simone diz que não vê problemas em assumir governo, mas que decisão será de Puccinelli (Foto: Marcos Ermínio)

A vice-governadora Simone Tebet (PMDB) afirmou hoje (27), durante evento da Secretaria da Juventude, que caso o governador André Puccinelli (PMDB) decida ser candidato ao Senado, ela não vê problemas em assumir o governo estadual e que irá atender a solicitação do seu grupo político.

“Eu não escolho missão, eu cumpro missão. Quando era deputada meu pai me pediu para ser candidata a prefeita (Três Lagoas) aceitei o desafio, depois o governador me chamou para ser vice-governadora, também aceitei, não há problemas em ficar a frente do governo”.

Simone voltou a dizer que “libera” o governador para que ele seja candidato e destaca que existe uma “pressão” dos aliados para que aceite esta missão. 

“Se pode jogar com o melhor, você não irá deixá-lo no banco, sua participação será importante no pleito eleitoral”, ponderou.

Decisão – A vice governadora ressaltou que somente André (Puccinelli) pode tomar esta decisão e que por esta razão está vivendo um “inferno astral”.

“Não é uma decisão fácil, alguns dizem para ele ser candidato, outros pedem para ele ficar até o final (mandato), além disso, tem os projetos e obras que ele queria terminar, são muitas responsabilidades”.

Fidelidade – Simone destacou que entre suas qualidades está o fato de sempre ser “fiel” ao seu grupo político e que por isto vai acatar o que for melhor para seu partido e Estado. “Sempre fui muito fiel ao governador (André Puccinelli) e vou continuar sendo”.

Anúncio – O governador André Puccinelli (PMDB) fez questão de dizer que no dia 4 de abril, um dia antes do prazo final, deve revelar quem irá ficar a frente do governo estadual e quem será o candidato ao Senado.

“Só posso dizer que se seu ficar no governo, a Simone será candidata, se decidir disputar a eleição, ela irá assumir a administração, no dia 4 de abril todos saberão”.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions