A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 26 de Abril de 2018

25/11/2010 15:29

Só 3 das 8 testemunhas de Cantor aparecem para depor

Redação

Somente três das oito testemunhas convocadas pela defesa do vice-prefeito afastado de Dourados, Carlinhos Cantor (PR), compareceram hoje na Câmara para depor em seu favor.

Cantor e o prefeito afastado, Ari Artuzi (expulso do PDT), presos sob acusação de corrupção e pagamento de propina a vereadores, estão sendo investigados por duas Comissões Processantes.

Hoje, estão sendo ouvidas as testemunhas do vice, e amanhã, acontecem as oitivas favoráveis a Artuzi.

As oito testemunhas convocadas pela defesa de Cantor são as seguintes: Alexandre Silva de Assis, Eleando Passaia, Sandra Pissini Espíndola, Jackeline Fernandes da Silva, Joao Carlos Bataglin, Edilson Semzack, Darci Caldo e Alziro Moreno.

As três testemunhas que compareceram para depor (Jackeline, João Carlos e Edílson) são funcionários da Semsur (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos), que era comandada por Cantor.

A sessão durou duas horas e foi realizada a portas fechadas. O presidente da Comissão Processante, vereador Walter Hora (PPS), marcou para as 8h do próximo dia 30 a oitiva das cinco testemunhas que não compareceram hoje para depor.

A convocação destas pessoas ficará sob responsabilidade da defesa de Cantor, que foi representado nesta audiência pelo advogado Marcos Ferreira.

Após o depoimento das testemunhas que faltaram hoje, a comissão dará prazo de 5 dias para a defesa fazer as alegações finais. Em seguida, vai concluir o relatório e leva-lo a plenário.

Amanhã, o mesmo procedimento será feito pela Comissão Processante que investiga Artuzi. As duas comissões processantes se baseiam em investigações de três operações da Polícia Federal: Uragano, Brothers e Owari.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions