A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

22/06/2013 16:56

Sobe para 600 ativistas na Praça do Rádio; passeata já é preparada

Zemil Rocha e Evelyn Souza
Número de manifestantes concentrado em Praça do Rádio sobe para 600 (Foto: Marcos Ermínio)Número de manifestantes concentrado em Praça do Rádio sobe para 600 (Foto: Marcos Ermínio)

Já são cerca de 600 pessoas na Praça do Rádio e os organizadores já se preparam para começar a passeata. Embora ativistas do protesto por melhoria nas políticas públicas do País e os da “Marcha da Maconha” estejam no mesmo local, existe uma nítida divisão para a passeata: os primeiros estão na frente com cartazes e faixas e os defensores da liberação da canabis sativa estão na parte de trás.

Agentes de trânsito da Agetran (Agência Municipal de Trânsito) já estão no local para fazer o fechamento de ruas e possibilitar a livre manifestação dos ativistas.

Os ativistas da marcha gritam a todo momento: “Vem pra rua, vem”. Os manifestantes da causa do consumo livre maconha, apresentam o pedido de “Basta de guerra, por uma nova política de drogas”.

Majoritários na mobilização popular, os ativistas do protesto estão com cartezes e faixas com as variadas reivindicações. Enquanto uns pedem “Impunidade não, Dorsa e Siufi na prisão”, outros tem cartazes solicitando melhorias na educação, saúde e criticam “Acorda Brasil, a copa não é prioridade”.

 

 



fica aqui uma duvida:essa mobilização da marcha da maconha,não seria apologia ao crime?já que estão pedindo para liberar uma merda que destrói milhões de famílias pelo mundo todo?
 
francisco da silva em 22/06/2013 17:06:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions