A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 21 de Agosto de 2017

18/04/2017 13:07

Taxistas tentam reverter decisão de não impor limite de carros para Uber

Motoristas de táxi participam de reunião com vereadores na Câmara Municipal para definir meios de impor limites na quantidade de motoristas da Uber

Richelieu de Carlo
Táxi estacionados em ponto na Capital. (Foto: André Bittar)Táxi estacionados em ponto na Capital. (Foto: André Bittar)

Contrários à definição da comissão da prefeitura de não impor limites no número de carros e motoristas que oferecem ‘caronas pagas’ por meio de aplicativo de celular, como a Uber, taxistas solicitaram reunião com vereadores para tentar reverter a decisão.

O encontro será realizado às 15h desta terça-feira (18), na Câmara Municipal de Campo Grande, e foi proposto pelo vereador Valdir Gomes (PP). Conforme o parlamentar, taxistas falaram com ele nesta segunda-feira (17) e pediram uma reunião para encontrar uma forma de barrar a decisão que torna a quantidade de motoristas da Uber ilimitada.

“Os taxistas em geral não estão aceitando a decisão dessa comissão e eles querem falar com os vinte e nove vereadores”, justificou o vereador pepista. Segundo Gomes, mesmo com os motoristas terem sido “voto vencido” e como o prefeito da Capital, Marquinhos Trad (PSD), não deu o “veredito final”, a situação ainda pode ser contornada.

O vereador acatou o pedido dos motoristas de táxi e comunicou a presidência da casa de leis, que convocou os parlamentares para o encontro desta tarde. Além disso, Valdir Gomes demonstra preocupação com os ânimos exaltados nos últimos dias entre taxistas e profissionais de aplicativos.

“Estamos sentindo que a discussão está caminhando para outro rumo. Está havendo agressões e acusações. Acho que tem de haver fiscalização no aeroporto e rodoviária”, defendeu Gomes, ao fazer referência ao caso do motorista da Uber hostilizado na rodoviária da Capital.

Vereador Valdir Gomes, durante sessão na Câmara Municipal. (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)Vereador Valdir Gomes, durante sessão na Câmara Municipal. (Foto: Izaias Medeiros/CMCG)

Sem limite – Em reunião na quarta-feira (12) da semana passada, os membros da Comissão Especial criada pela prefeitura para definir a regulamentação dos serviços de caronas remuneradas em Campo Grande decidiram que não haverá limite de carros e motoristas que operam por meio de aplicativos, como a Uber.

Além do prefeito da Capital, Marquinhos Trad (PSD), fazem parte do grupo vereadores, secretários municipais, Ministério Público Estadual, OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso do Sul) e representantes dos motoristas, taxistas e mototaxistas.

O placar da votação foi de oito votos favoráveis a quebrar a limitação de carros para aplicativos como Uber e similares, enquanto cinco foram contra. Não foi divulgado quem votou contra ou a favor.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions