A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

11/04/2013 14:32

Tetila pede que Parlamento boliviano ajude na libertação de corintianos

Carlos Martins
Deputado Laerte Tetila: Imagens e fotos mostram que torcedores presos não estão envolvidos (Foto: Giuliano Lopes)Deputado Laerte Tetila: "Imagens e fotos mostram que torcedores presos não estão envolvidos" (Foto: Giuliano Lopes)

A Comissão de Trabalho, Cidadania e Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul vai encaminhar um expediente à presidenta da Assembleia Legislativa Plurinacional da Bolívia, deputada Betty Asunta Tejada Soruco, pedindo medidas para que os 12 torcedores do Corinthians sejam libertados da Penitenciária de São Pedro, na cidade de Oruro. Eles estão detidos desde o dia 20 de fevereiro acusados de envolvimento com a morte do torcedor boliviano Kevin Beltrán, atingido por um sinalizador durante o jogo entre a equipe do San Jose e Corinthians pela Libertadores da América.

No documento, o presidente da Comissão, deputado Laerte Tetila (PT), argumenta que imagens e fotos mostram que os torcedores presos não estão envolvidos, já que um adolescente de 17 anos que esteve no jogo, confessou de volta ao Brasil que foi ele que disparou o sinalizador. Ele diz que mesmo após as provas “as autoridades de segurança bolivianas mantêm desde então detidos um grupo de torcedores brasileiros sem a devida comprovação de participação no ato”.

Tetila diz que, como não existe nenhuma prova contra os torcedores,que se apurem as razões de “hostilidade gratuita, do menosprezo e da humilhação sofrida por esses torcedores, que são pessoas inocentes, humildes, de baixa renda, cujo crime consiste apenas no fato de estarem próximo ao flagrante.

Acreditando nas boas intenções do Parlamento Boliviano, o deputado pede que os colegas bolivianos ajudem nas negociações com as autoridades competentes para que a liberdade dos 12 torcedores possa acontecer com a máxima urgência.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions