A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

21/10/2015 14:25

TJ adia, de novo, julgamento de recurso que pede a volta de Mário César à Câmara

Paulo Yafusso
O recurso deveria ter sido julgado pela Seção Criminal no último dia 9, mas foi adiado para hoje (Foto: Juliana Brum)O recurso deveria ter sido julgado pela Seção Criminal no último dia 9, mas foi adiado para hoje (Foto: Juliana Brum)

Adiado mais uma vez o julgamento do agravo regimental interposto pelo vereador e presidente afastado da Câmara Municipal de Campo Grande, Mário César (PMDB), que pede o retorno dele ao Legislativo. O recurso, que tramita na Seção Criminal do TJ/MS (Tribunal de Justiça do Estado) deveria ter sido analisado no último dia 9, mas o desembargador Romero Osme Dias Lopes pediu vista ao processo e havia sido marcada para esta quarta-feira (21). Agora, o adiamento se deu por conta da ausência do desembargador Romero Lopes e o caso deve ser incluído na próxima sessão, que deve ocorrer daqui há 15 dias.

Um dos advogados que atua na defesa de Mário César, Leonardo Saad, disse que os argumentos apresentados para o pedido de retorno dele à Câmara são de que ele tem comparecido a prestar depoimento sempre que notificado pelo Judiciário e pelo MPE (Ministério Público Estadual) e de que não há motivo de se manter o afastamento, já que o peemedebista não tem como atrapalhar as investigações conduzidas pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado).

“A expectativa quanto ao retorno do Mário são boas, a investigação está bem encaminhada e não tem motivo para, numa eventualidade, ele atrapalhar na investigação”, afirmou Saad. Nesta terça-feira, o desembargador Luiz Claudio Bonassini da Silva indeferiu o pedido de reconsideração feita por Mário César, para que ele pudesse reassumir a presidência da Câmara Municipal ou, pelo menos, voltar a atuar como vereador.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions