A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

22/05/2010 12:49

Trad e vereadores vão ser cabos eleitorais de Murilo

Redação

Após reunião neste sábado, o prefeito de Campo Grande, Nelsinho Trad (PMDB) e 17 vereadores da base aliada "ungiram" o vice-prefeito licenciado Edil Albuquerque (PMDB) para ser suplente de Murilo Zauith (DEM), atual vice-governador, na disputa ao Senado.

"Vamos sugerir ao governador e ao pré-candidato Murilo o nome do vice-prefeito Edil para a primeira suplência", anunciou Trad, após o encerramento de uma reunião realizada à beira da piscina, na residência do prefeito.

"Não vamos ser figurantes. Vamos fazer o nosso candidato ter votação que o coloque em destaque: primeiro ou segundo", salienta Trad. Mato Grosso do Sul vai eleger dois senadores neste ano.

Apesar da parceria já ser dada como certa, Edil informou que aguarda um convite do governador André Puccinelli (PMDB) para uma reunião, possivelmente amanhã. Já o interlocutor de Murilo, o vereador e presidente municipal do DEM, Airton Saraiva, se mostrou satisfeito. "Se estivesse no lugar do Murilo, aceitaria", afirma.

Saraiva deve repassar a Murilo a decisão de Nelsinho, que foi designado por Puccinelli para indicar um nome representativo da Capital para alavancar a chapa de Zauith. Edil aguarda a resposta, pois ele relata não ter conversado diretamente com Murilo.

Mentor da indicação de Edil, Trad disse que sua contribuição está dada e lava as mãos se o pré-candidato não concordar com a indicação. "Vai que ele é brigado com o primo do Edil", brincou o prefeito.

Contudo, Nelsinho não quis comentar sobre a situação do outro pré-candidato ao Senado, o deputado federal Waldemir Moka (PMDB), que deve contar com a primeira-dama Maria Antonieta Trad, esposa do prefeito, como suplente. "Essa reunião foi para definir a questão do Murilo", afirmou de forma taxativa.

Empenho e missão

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions