ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MAIO, SEGUNDA  27    CAMPO GRANDE 15º

Política

TSE propõe regras sobre uso de inteligência artificial nas eleições

Propostas serão avaliadas em audiência pública, programada para o dia 25 de janeiro

Por Mylena Fraiha | 05/01/2024 15:26
Fachada da sede do TSE, em Brasília (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Fachada da sede do TSE, em Brasília (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Nesta quinta-feira (4), o TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgou as minutas das resoluções para as eleições de 2024, dentre elas, uma proposta que visa punir partidos e candidatos que utilizem IA (inteligência artificial) em propagandas eleitorais para manipular conteúdos e impactar o resultado das eleições.

A ministra Cármen Lúcia, relatora das resoluções que estabelecerão as regras para a disputa eleitoral, propõe classificar o uso de IA na propaganda eleitoral como "tecnologias digitais para criar, substituir, omitir, mesclar, alterar a velocidade, ou sobrepor imagens ou sons".

A resolução ainda determina que o uso de inteligência artificial deve ser acompanhado de "informação explícita e destacada de que o conteúdo foi fabricado ou manipulado e qual tecnologia foi utilizada", diz trecho da resolução publicada ontem (4).

Além disso, a proposta estabelece que candidatos ou partidos que descumpram essa regra poderão ser enquadrados no art. 323 do Código Eleitoral, sujeitos a pena de dois meses a um ano de detenção ou pagamento de multa.

A resolução destaca que a "fabricação ou manipulação de conteúdo político-eleitoral" refere-se à criação ou edição de conteúdo sintético que ultrapasse ajustes destinados à melhoria da qualidade de imagem ou som.

Fica vedado, segundo a proposta, o uso na propaganda eleitoral de qualquer forma de conteúdo fabricado ou manipulado, sabidamente inverídico ou gravemente descontextualizado, com potencial para causar danos ao equilíbrio do pleito ou à integridade do processo eleitoral, incluindo a forma de impulsionamento.

Audiência - As audiências públicas, agendadas para ocorrer entre os dias 23 e 25 de janeiro, têm como objetivo receber sugestões para aprimorar as regras que serão aplicadas nas eleições municipais de 2024.

O evento permitirá a participação de pessoas e instituições públicas e privadas, partidos políticos, TRE (Tribunais Regionais Eleitorais) e associações profissionais e acadêmicas.

Aqueles interessados em contribuir com sugestões devem enviar propostas por meio do formulário eletrônico disponibilizado no Portal do TSE até as 23h59 do dia 19 de janeiro. O mesmo formulário permite a inscrição para o uso da palavra durante a audiência pública.

Conforme divulga o TSE, na primeira audiência, marcada para o dia 23 de janeiro, serão abordadas as resoluções referentes aos seguintes tópicos: pesquisas eleitorais, auditoria e fiscalização dos sistemas eleitorais, e atos gerais do processo eleitoral.

No segundo dia, 24 de janeiro, os debates se concentrarão nos temas relacionados ao registro de candidatura, Fundo Especial de Financiamento de Candidaturas e prestação de contas.

Por fim, no terceiro dia, 25 de janeiro, as discussões abrangerão questões ligadas à propaganda eleitoral, representações e reclamações, bem como ilícitos eleitorais.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias