A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

29/10/2013 14:04

Tucano aliado de Bernal crê em mais espaço para PSDB e preservação de Leila

Zemil Rocha e Kleber Clajus
Leila não vai ser expulsa, garante o vereador João Rocha (Foto: arquivo)"Leila não vai ser expulsa", garante o vereador João Rocha (Foto: arquivo)

O único vereador do PSDB que apoia a administração do prefeito Alcides Bernal, João Rocha, não acredita que Leila Machado, presidente da Fundação Municipal de Esportes (Funesp), seja expulsa do partido, em razão de ter aceitado cargo sem pedir aval da legenda. Para ele, em razão da crise e da pressão do PT, Bernal vai acabar abrindo mais espaços para outros partidos, inclusive o PSDB, acabando com a insatisfação tucana e a onda de punições, iniciada com a expulsão de José Chadid, secretário municipal de Educação.

“Leila não vai ser expulsa”, afirmou o vereador João Rocha, que indicou a correligionária para o cargo. “O prefeito pode acabar atendendo o PSDB e aí não haverá expulsão”, raciocinou o tucano. Na semana passada, dia 21, o Diretório Municipal do PSDB faria reunião para decidir sobre a expulsão de Leila Machado, mas está foi adiada em razão dela ter pedido afastamento do partido por 120 dias.

Segundo Rocha, o que o PSDB espera é o “cumprimento de exigências já fechadas no segundo turno e não cargos”. A preocupação do partido, conforme o vereador, é ter suas propostas implementadas.

Cogitado para ser secretário de governo pelo líder do prefeito na Câmara, Marcos Alex (PT), o vereador João Rocha admitiu a possibilidade de aceitar o cargo. “Está à disposição do meu partido”, declarou ele. A condição para aceitar, de acordo com Rocha, é que a função de articulador político não seja apenas figurativa. “Qual a minha liberdade no cargo?”, indagou o tucano. “Só para sentar na cadeira de secretário e dizer que sou secretário, eu não vou”, avisou.

Já a vereadora Rose Modesto, que hoje integra a bancada de oposição a Bernal, afirmou que o PSDB mantém seu posicionamento inalterado. “Não é questão de espaço que vai resolver. O PSDB não quer discussão, quer ver o prefeito adotando as ações defendidas pelo partido”, garantiu.

 

 

João Rocha defende que PSDB ajude Bernal sem exigir cargos
O vereador João Rocha (PSDB) defendeu hoje que o partido pode contribuir na “correção do rumo” político do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (...
Para escapar de expulsão, secretária de Bernal pede afastamento do PSDB
A diretora-presidente da Funesp (Fundação Municipal de Esportes), Leila Machado, formalizou o pedido de afastamento por 120 dias do PSDB, sigla que é...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions