A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

21/10/2009 14:01

Um ano após recessão, 23 prefeituras atrasam salários

Redação

Um ano após o início, a crise econômica mundial começou a afetar os funcionários públicos de 30% dos 78 municípios de Mato Grosso do Sul. Vinte e três prefeituras não conseguiram quitar os salários de setembro neste mês, conforme levantamento realizado pela Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul).

De acordo com o presidente da entidade e prefeito de Terenos, Beto Pereira (PSDB), além dos salários, um número significativo de prefeituras terá dificuldades para quitar o 13º. No entanto, ele não divulgou quais municípios estão em dificuldades financeiras.

O vice-prefeito de Maracaju, Alberto Cruz Küendig (PT) afirmou que a receita do município está 40% abaixo do previsto. A expectativa era um orçamento mensal de R$ 5 milhões, mas a receita real tem ficado em torno de R$ 3 milhões.

Apesar disto e do antecessor não ter deixado recursos para pagar toda a folha de dezembro, o município não terá problemas em quitar o 13º salário neste ano. Somente no FPM (Fundo de Participação dos Municípios), o repasse mensal está R$ 300 mil menor.

Investimentos

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions