ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, SÁBADO  19    CAMPO GRANDE 17º

Política

Único do MS na sessão, Fábio Trad troca discurso sobre o pai por crítica

Por Wendell Reis | 17/02/2012 10:37

Dos 513 deputados, apenas nove foram à sessão nesta sexta-feira

Deputado é o único do Estado que não está envolvido diretamente em campanha política(Foto:João Garrigó)
Deputado é o único do Estado que não está envolvido diretamente em campanha política(Foto:João Garrigó)

O deputado federal Fábio Trad (PMDB) ocuparia a tribuna da Câmara Federal na manhã desta sexta-feira (17) para homenagear o pai, Nelson Trad, falecido no mês de dezembro do ano passado. A desistência teve um motivo: o vazio na Câmara Federal.

Segundo Trad, dos 513 deputados, apenas nove estão na sessão de hoje. Destes, Trad é o único de Mato Grosso do Sul. A ausência dos demais representantes do Estado pode ser justificada pela campanha eleitoral para a disputa em outubro.

Dos oito deputados federais do Estado, sete estão diretamente envolvidos em campanhas políticas. Luiz Henrique Mandetta (DEM), Vander Loubet (PT) e Edson Giroto (PMDB) são pré-candidatos a prefeitura de Campo Grande. Já Marçal filho e Geraldo Resende disputam a preferência do PMDB com Délia Razuk para disputar a prefeitura de Dourados. O deputado Antônio Carlos Biffi (PT) será um dos coordenadores da campanha de Vander Loubet.

Ao se pronunciar, Fábio Trad falou exatamente da ausência dos deputados federais. Em resposta a um jornalista que chamou os deputados de vagabundos, por abandonarem a sessão, Trad disse que as pessoas costumam atribuir a virtude coletiva a uma só pessoa e os erros a todos. Além disso, criticou a falta de independência dos deputados, o que, segundo ele, rebaixa o legislativo a uma “instância de outro poder”. Trad homenagiaria o pai pela atuação dele nos 20 anos em Brasília.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário