ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 22º

Política

Único do MS na sessão, Fábio Trad troca discurso sobre o pai por crítica

Wendell Reis | 17/02/2012 10:37

Dos 513 deputados, apenas nove foram à sessão nesta sexta-feira

Deputado é o único do Estado que não está envolvido diretamente em campanha política(Foto:João Garrigó)
Deputado é o único do Estado que não está envolvido diretamente em campanha política(Foto:João Garrigó)

O deputado federal Fábio Trad (PMDB) ocuparia a tribuna da Câmara Federal na manhã desta sexta-feira (17) para homenagear o pai, Nelson Trad, falecido no mês de dezembro do ano passado. A desistência teve um motivo: o vazio na Câmara Federal.

Segundo Trad, dos 513 deputados, apenas nove estão na sessão de hoje. Destes, Trad é o único de Mato Grosso do Sul. A ausência dos demais representantes do Estado pode ser justificada pela campanha eleitoral para a disputa em outubro.

Dos oito deputados federais do Estado, sete estão diretamente envolvidos em campanhas políticas. Luiz Henrique Mandetta (DEM), Vander Loubet (PT) e Edson Giroto (PMDB) são pré-candidatos a prefeitura de Campo Grande. Já Marçal filho e Geraldo Resende disputam a preferência do PMDB com Délia Razuk para disputar a prefeitura de Dourados. O deputado Antônio Carlos Biffi (PT) será um dos coordenadores da campanha de Vander Loubet.

Ao se pronunciar, Fábio Trad falou exatamente da ausência dos deputados federais. Em resposta a um jornalista que chamou os deputados de vagabundos, por abandonarem a sessão, Trad disse que as pessoas costumam atribuir a virtude coletiva a uma só pessoa e os erros a todos. Além disso, criticou a falta de independência dos deputados, o que, segundo ele, rebaixa o legislativo a uma “instância de outro poder”. Trad homenagiaria o pai pela atuação dele nos 20 anos em Brasília.

Nos siga no Google Notícias