A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

19/01/2011 11:27

Oposição, Felipe Orro diz que não foi procurado pelo governo

Fabiano Arruda

Com discurso cauteloso, parlamentar diz que oposição é minoria para brigar por cargos

O deputado estadual eleito Felipe Orro (PDT), que vai ser o único da legenda na Assembleia na nova composição do Legislativo, afirmou nesta quarta-feira que vai integrar o bloco de oposição na Casa.

A postura de Orro difere do atual parlamentar que representa o PDT na Assembleia, Antônio Braga, que é da base aliada ao Governo.

“Fui eleito como oposição e sempre fui. É minha estreia como deputado. Então, não me chamaram para conversar e não procurei ninguém”, afirmou, em relação a uma eventual composição com a base de apoio ao governador André Puccinelli (PMDB).

Além de Orro, que é ex-prefeito de Aquidauana, outros seis parlamentares estão fora da base governista. São eles: os petistas Paulo Duarte, Pedro Kemp, Cabo Almi e Laerte Tetila, George Takimoto, do PSL, e Alcides Bernal, do PP.

Perguntado se o bloco tem se reunido para traçar estratégias de atuação na Casa, Orro afirmou que o grupo discutiu o assunto poucas vezes, mas deve voltar a conversar no fim do mês.

Felipe Orro disse ainda que, para o bloco, brigar por uma vaga na Mesa Diretora da Assembleia não será obsessão. “Somos minoria e não temos força para isso”, pontuou.

O parlamentar considera que as discussões sobre a composição da Mesa Diretora estão calmas e que a definição dos nomes deve ocorrem até o dia 27 de janeiro.

A posse dos novos deputados na Assembleia Legislativa ocorre no dia 1º de fevereiro.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions