A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

29/11/2010 09:33

Vereador afastado em Chapadão não localiza notificação

Redação

O presidente da Câmara de Chapadão do Sul, Eduardo Belotti (PR), afastado do cargo na última sexta-feira por improbidade administrativa, diz que ainda não foi notificado.

Ele mesmo resolveu procurar o Fórum da cidade para localizar o processo, mas afirma que até agora não encontrou nada que se refira a esta ação.

"Estou aqui no Fórum e o rapaz me disse que não tem nada no meu nome", garantiu, em contato com o Campo Grande News.

Belotti foi afastado por determinação da juíza Luciane Buriasco de Oliveira, depois de Ação Civil Pública impetrada pelo MPE (Ministério Público Estadual) em razão da suspeita de uso de verba indenizatória para gastos pessoais e publicidade autopromocional.

Ele garante que não fez nada de errado e que seu mandato de vereador está pautado "pela lei".

Seis dos nove vereadores de Chapadão do Sul estão sendo investigados por mau uso do dinheiro público. Pelas investigações reveladas no inquérito do MPE, os parlamentares "torraram" pelo menos R$ 205 mil em apenas quatro meses somente com publicidade.

Os dados do Ministério Público apontam ainda para o mau uso dos R$ 3,5 mil mensais de verba indenizatória. Vários serviços não relacionados ao mandato desses vereadores vinham sendo pagos com este repasse, tais como abastecimento de veículos particulares, manutenção e revisão dos carros dos próprios vereadores, publicidade e contas telefônicas.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions