A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Agosto de 2017

22/12/2016 13:45

Vereadores derrubaram 28 vetos de Bernal em mais um ano conturbado

Anahi Zurutuza e Christiane Reis
Movimentação no plenário na última sessão do ano (Foto: Christiane Reis)Movimentação no plenário na última sessão do ano (Foto: Christiane Reis)

Em mais um ano de atritos entre a Câmara e a Prefeitura de Campo Grande, vereadores derrubaram 28 dos 37 vetos do prefeito Alcides Bernal (PP). Além disso, das 24 leis propostas pelo Executivo municipal, aprovaram somente 15 – dois foram rejeitados, três ainda estão em tramitação e o restante foi devolvido a pedido da própria administração municipal.

O presidente da Casa de Leis, vereador João Rocha (PSDB), admite a falta de harmonia entre os vereadores e o chefe do Executivo municipal. “Foi um ano de muita dificuldade e é na dificuldade que nós crescemos”, afirmou.

Ele destacou que Bernal conversava muito pouco com a Câmara e que, por exemplo, só esteve na casa por uma vez em 2016.

Ele diz esperar que no próximo ano, os dois poderes tenham mais diálogo e menos discordâncias. “Apesar de tudo, foi um ano extremamente produtivo e acreditamos que agora teremos um melhor entendimento com o Executivo. O prefeito eleito [Marquinhos Trad, do PSD] já veio aqui na casa por cinco vezes. Temos as melhores expectativas para o próximo ano”.

 

BalançoVereadores apresentaram 353 projetos durante as 83 sessões deste ano e aprovaram 214. Outros 54 ainda estão em tramitação.

Também foram realizada uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito), a que investigou o sumiço de doses da vacina contra a gripe. Os parlamentares também organizaram 32 audiências públicas.

A Câmara fez 135 requerimentos à Prefeitura, dos quais 30 não foram atendidos, e 12.685 indicações foram lidas nas sessões, das quais somente 805 foram respondidas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions