A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

05/08/2015 16:45

Vereadores pedem ao MPE providências sobre a Operação Lama Asfáltica

Paulo Yafusso
José Chadid (de terno de pé) e Luiza chegam para reunião no MPE (Foto: Vanessa Tamires)José Chadid (de terno de pé) e Luiza chegam para reunião no MPE (Foto: Vanessa Tamires)

Os vereadores Luiza Ribeiro (PPS), Alex do PT, Cazuza (PP) e José Chadid procuraram o MPE (Ministério Público Estadual) nesta tarde para protocolar um pedido de providências no âmbito do que está sendo investigado pela Operação Lama Asfáltica.

O grupo está reunido com o procurador-adjunto de Justiça, Paulo Passos e vai entregar documento com os argumentos de que é necessário que o MPE adote providencias judiciais para que a Prefeitura suspenda imediatamente todos os contratos mantidos com as empresas alvos da Operação, deflagrada no último dia 9 pela Polícia Federal, CGU (Controladoria Geral da União), Receita Federal e MPF (Ministério Público Federal).

No documento os parlamentares citam as empresas Itel Informática, Proteco Construções, Gerpav Engenharia, Conspar Engenharia, A.S. Construções, Socenge, LD Construções, DMP Construções e o Consórcio Solurb, empresas que pertencem ao João Baird e João Krampe Amorim dos Santos, principais alvos da Lama Asfáltica.

Os vereadores pedem ainda que determine ao prefeito Gilmar Olarte (PP) a exoneração dos servidores públicos municipais ocupantes de cargos comissionados ou designação em comissão que estejam sendo investigados na Operação Lama Asfáltica. Nos relatórios da Operação são citados servidores do município e também ocupantes de cargos de secretário desde a gestão do prefeito cassado Alcides Bernal.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions