A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/03/2011 20:00

Viagem de vereadores gera polêmica em Sidrolândia

Paulo Fernandes
Presidente da Câmara, Jean Nazareth (PT) também foi a Belo Horizonte (MG)Presidente da Câmara, Jean Nazareth (PT) também foi a Belo Horizonte (MG)

Sete dos nove vereadores de Sidrolândia passaram quase uma semana em Belo Horizonte (MG) com tudo pago pela Câmara Municipal. A viagem gerou manifestações contrárias e foi o assunto que tomou conta da última sessão legislativa, na segunda-feira.

Os parlamentares participaram de um congresso com quatro dias de duração. “Pagamos o combustível e fomos de carro. Foram 18 horas de viagem. Por isso levamos dois dias a mais, um para ir, outro para voltar”, justificou o presidente da Câmara, Jean Nazareth (PT).

Cada diária, quando a viagem é para outro Estado, é de R$ 800, o que representa uma despesa de, pelo menos, R$ 22,4 mil (para quatro dias).

O presidente da Casa de Leis, que também foi a Belo Horizonte, disse que os parlamentares participaram de um congresso voltado para vereadores, prefeitos e gestores públicos.

“Não foi feito nada ilícito. Não é a primeira vez que viajamos e a Câmara de Sidrolândia não foi a única a participar”, disse.

Segundo o presidente, o congresso tratou de educação básica no campo para jovens e idosos, reforma agrária e resgate de fundos perdidos, entre outros assuntos.

Ele diz que os vereadores viajaram para obter qualificação e poder exercer o trabalho com mais qualidade.

Além Jean, viajaram para MG: Waldemar Acosta (PDT), Antonio Galdino (PDT), Professor Tadeu (PMDB), Jonas Rodrigues (PMDB), Ilson Peres (PSDB) e Dicezar (PSDB).

Apenas as vereadoras Rosângela e Roberta Stefanello (as duas do PMDB) não foram a Belo Horizonte.



Como político não mente nunca,"não"se deve verificar a veracidade de tais cursos,bem como a presença dos nobres edis nos encontros com os professores.Com certeza,não faltaram aos encontros elucidativos.
 
Ronaldo Ancél Alves em 02/03/2011 07:36:19
Provavelmente, a Escola de Governo do nosso estado tem condições plenas de oferecer cursos para vereadores que querem se capacitar, com despesas ínfimas comparadas com esse trem da alegria. É só querer. E eles querem?
 
Áttila Gomes em 01/03/2011 09:02:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions