A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

21/11/2011 16:18

Vice-prefeito de Angélica é acusado de propaganda eleitoral em uniforme escolar

Edmir Conceição

O MPE (Ministério Público Estadual) de Ivinhema pediu abertura de processo contra o vice-prefeito de Angélica, Muro Faciscani, pré-candidato do PMDB, para apurar prática de crime eleitoral na distribuição de camisetas em escola.

Pai de aluno acionou o MPE depois de ver o nome do ex-prefeito na camiseta distribuída para a formatura do programa de resistência às drogas.

A direção da Escola José Fragelli, onde foi realizado o curso, também pediu ao MPE para investigar se o vice-prefeito cometeu crime eleitoral, já que todos os uniformes de alunos que participaram do curso de resistência às drogas usaram tinham o nome do pré-candidato a prefeito grafado nas costas.

A juíza eleitoral Cristiane Aparecida Biberg mandou recolher as camisetas antes que o evento fosse realizado e determinou multa de R$ 1.000 por camiseta não recolhida, além de abrir prazo para o vice-prefeito apresentar defesa.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...


No dia que os parlamentares criarem vergonha, aprovarão prejeto de proibição de prapaganda com dinheiro público. O que precisa é fazer o serviço e o povo verá com os próprios olhos as obras.
 
luiz alves pereira em 22/11/2011 09:17:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions