A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 16 de Outubro de 2018

07/10/2018 17:09

Votação em MS teve 61 urnas substituídas, 18 em Campo Grande

No total houve 117 ocorrências de problemas em 6.533 urnas eletrônicas

Humberto Marques e Leonardo Rocha
Votação em MS teve 61 urnas substituídas, 18 em Campo Grande
Urna eletrônica na Escola Thomaz Girardeli, no Dom Antônio; votação teve 1,79% das urnas substituídas. (Foto: Paulo Francis)Urna eletrônica na Escola Thomaz Girardeli, no Dom Antônio; votação teve 1,79% das urnas substituídas. (Foto: Paulo Francis)

Em meio a reclamações divulgadas, principalmente, por meio de redes sociais sobre dificuldades no processo de registro dos votos, o TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) confirmou a existência de 117 ocorrências envolvendo urnas eletrônicas no Estado, com a substituição de 61 equipamentos de um total de 6.533 –1,79% do total.

Conforme a assessoria da Corte, Campo Grande foi a cidade com o maior número de incidentes: 18 das 61 urnas substituídas estavam em seções eleitorais da cidade. Os demais incidentes envolvem equipamentos que demandaram atendimento de técnicos mas voltaram a operar.

Ao longo do dia, houve diversas acusações distribuídas via aplicativos de mensagens ou redes sociais apontando problemas envolvendo o registro de votos na Capital. Entre as situações relatadas estavam queixas quanto ao processo de votação encerrado antes de o eleitor confirmar o voto digitado.

A Justiça Eleitoral informou que, nestas situações, o eleitor poderia registrar a reclamação em ata ou mesmo registrar boletim de ocorrência na Polícia Federal. Além disso, partidos políticos estão autorizados a solicitar a auditoria das urnas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions