A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018

22/03/2017 22:22

Votos contra terceirização em empresas são maioria entre deputados do MS

Nyelder Rodrigues

Quatro dos sete deputados federais sul-mato-grossenses que participaram da votação do projeto de lei que permite às empresas terceirizar também a chamada atividade-fim, aquela para a qual ela foi criada, votaram contra a proposta, conforme divulgado pelo sistema da Câmara Federal pela internet.

Os votos não foram de Dagoberto Nogueira (PDT), Luiz Henrique Mandetta (DEM), Vander Loubet (PT) e José Orcírio Miranda dos Santos, o Zeca do PT. Já os que votaram a favor do projeto foram Elizeu Dionizio (PSDB), Geraldo Resende (PSDB) e Tereza Cristina (PSD). Na relação não há o voto de Carlos Marun (PMDB), apesar do nome dele estar na lista de presença.

Na noite desta quarta-feira (22), o plenário aprovou a matéria por 231 votos a favor, 188 contra e 8 abstenções. A medida prevê que a contratação terceirizada possa ocorrer sem restrições, inclusive na administração pública.

Atualmente a legislação veda a terceirização da atividade-fim e prevê a adoção da prática em serviços que se enquadrem como atividade-meio, ou seja, aquelas funções que não estão diretamente ligadas ao objetivo principal da empresa.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions