A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

22/06/2017 16:54

Zeca toma posse hoje e diz que sua missão será "remotivar" o PT em MS

Paulo Nonato de Souza
O deputado federal e ex-governador Zeca do PT toma posse como novo presidente Regional do partido. Ele foi eleito em maio deste ano (Foto: Arquivo)O deputado federal e ex-governador Zeca do PT toma posse como novo presidente Regional do partido. Ele foi eleito em maio deste ano (Foto: Arquivo)

Reconstruir o PT (Partido dos Trabalhadores) em Mato Grosso do Sul, remotivar e mobilizar a militância para as eleições de 2018. Segundo o deputado federal e ex-governador Zeca do PT, este será o seu papel no comando do Diretório Estadual do partido a partir da sua posse, nesta quinta-feira, às 19 horas, no Plenarinho da Câmara de Vereadores de Campo Grande.

“São desafios que me instigam. Penso que rapidamente temos que botar o PT para funcionar em Mato Grosso do Sul. Em nível nacional temos o melhor candidato à presidência da República e vamos colocar o nosso exército, que é a nossa militância, para trabalhar pela eleição do Lula”, declarou Zeca do PT em entrevista ao Campo Grande News, por telefone.

Segundo ele, desde já é preciso começar a pensar em um programa de governo com o compromisso de realizar as reformas que o próprio PT não fez quando estava no poder.

“Tem que ser um programa diferente, não podemos pecar pela mesmice. Penso que as reformas tributária e da comunicação são as principais, mas também são importantes as reformas do judiciário e a reforma agrária”, comentou.

Em nível de Estado para 2018, Zeca do PT reafirmou a sua disposição de lançar candidatura a uma das duas vagas que estarão em disputa por Mato Grosso do Sul, ocupadas atualmente por Waldemir Moka (PMDB) e Pedro Chaves (PSC), e destacou que seu papel será construir uma aliança democrática.

“Vamos nos unir com partidos como o PSB, PDT, PCdoB e PSD e construir uma aliança popular capaz de retomar o desenvolvimento de Mato Grosso do Sul, mas que tenha compromisso com os mais pobres”, declarou Zeca do PT.

Sobre as investigações da Operação Lava Jato contra corrupção e o ambiente de denúncias envolvendo algumas das principais lideranças do PT, incluindo o ex-presidente Lula e ele próprio, Zeca do PT avalia que tudo será superado na medida em que a população for entendendo que o partido tem sido vítima de perseguição.

“Acho que o PT supera rapidamente. Errou quem pensou que o PT estava no fundo do buraco e que não conseguira renascer nunca mais. A prova de que essas pessoas estavam erradas são as pesquisas que mostram o Lula ganhando a eleição presidencial em 2018 no primeiro turno. Não há dúvida de que o PT irá se fortalecer na medida em que o povo percebe que tudo não passa de perguição”, declarou o novo presidente Regional do PT.

Zeca do PT foi eleito presidente Regional do PT em maio deste ano e comandará o partido nos próximos dois anos. Ele vai substituir o ex-deputado federal, Antônio Carlos Biffi, que conduziu o partido nos últimos dois anos.

 




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions