A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

12/12/2013 21:08

Filhote de lobinho sai do meio do mato e brinca com cachorro em rua da Capital

Vinícius Squinelo
Filhote surpreendeu e brincou com o cão Otto (foto: Eduardo Francisco dos Santos Filho)Filhote surpreendeu e brincou com o cão Otto (foto: Eduardo Francisco dos Santos Filho)
A dupla ficou junta por mais de 30 minutos. (foto: Eduardo Francisco dos Santos Filho)A dupla ficou junta por mais de 30 minutos. (foto: Eduardo Francisco dos Santos Filho)

Em passeio na rua Antônio Mara Coelho, na entrada do Parque das Nações Indígenas, o engenheiro civil Eduardo Francisco dos Santos Filho flagrou uma situação inusitada. Um filhote de lobinho de aproximadamente 15 dias de vida saiu da mata e ficou brincando com o cachorro Otto, da raça Staff Bull Terrier.

“Estava andando ontem às 17h quando fui surpreendido pelo lobinho, pensei que ele ia estranhar o Otto, mas ele chegou e começou a brincar com o cachorro”, contou Eduardo.

A relação dos dois animais, que brincaram por mais de 30 minutos, chamou a atenção de diversas pessoas no local, e a dupla virou “atração” no parque. “Todo mundo tirou fotos”, comentou o dono do cachorro.

Eduardo ficou sentado em uma barraca de água de coco, e acompanhou os animais brincando, enquanto também tirou fotos, que enviou ao Campo Grande News.

Segundo o dono da barraca de água de coco em conversa com Eduardo, a mãe do lobinho também mora no parque, mas só sai do esconderijo a noite.

Segundo Eduardo, que mora no bairro Coophafé é comum encontrar capivaras na região, mas é a primeira vez que ele encontra um lobinho. Ainda segundo o engenheiro, o animal estava com aparência saudável e demonstrando estar bem alimentado.

O cachorro-do-mato, conhecido em Mato Grosso do Sul como lobinho, é um mamífero da família dos canídeos, amplamente distribuído pela América do Sul. Medem cerca de 65 cm de comprimento quando adultos, com pelagem cinza-clara de base amarelada, e faixa dorsal negra, que se estende da nuca à ponta da cauda.




Que maravilha!!! ficaram lindas as fotos dessas "crianças" peraltas.
Agora fiquei preocupada com esse animalzinho, principalmente com esse trânsito caótico, com muitos matoristas e matoqueiros.... onde poucos respeitam vidas, acham que ligar o veículo e acelerar é saber dirigir. Falta muita consciência ambiental, educação e respeito a VIDAS.
Eduardo, adorei suas fotos, ficaram belíssimas...parabéns pela sensibilidade.
 
Neyde de Oliveira em 14/12/2013 13:24:02
Campo Grande é linda com sua fauna e flora...o que nos obriga a ser responsáveis, especialmente no trânsito, animais silvestres são vulneráveis a acidentes...respeitem a velocidade que tudo pode ser evitado!
 
carlos eduardo em 13/12/2013 09:15:51
. . . que lindo até os animais são amigáveis. . .sem preconceito, se fosse outro dono jamais deixaria seu cão brincar. . .ainda bem que Sr Eduardo Francisco dos Santos Filho tem um coração bom. . . tenham um ótimo dia. . . Campo Grande linda com suas riquezas exuberantes e que a cada dia nos surpreende. . .amo
 
Elayne Fontes em 13/12/2013 08:30:09
Bonita demais a cena, belas fotos! Campo Grande tem dessas... hoje mesmo vi um bando de periquitos no Belmar Fidalgo... vi ainda vários casais de araras-canindé ali na rotatória em frente ao Círculo Militar. Por isso essa nossa cidade é linda!
 
Guaraci Mendes em 13/12/2013 08:21:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions