A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

03/12/2013 11:30

Leitor reclama de caos no trânsito em dia de evento em igreja

Viviane Oliveira
Leitora tirou foto e diz que em dias de evento o trânsito vira um caos nas proximidades da igreja. (Foto: Repórter News)Leitora tirou foto e diz que em dias de evento o trânsito vira um caos nas proximidades da igreja. (Foto: Repórter News)

Uma leitora, que pediu para não ser identificada, reclama que o trânsito fica congestionado toda vez que tem evento na Igreja Assembleia de Deus, na Rua Brilhante, esquina com a Rua Apore, no bairro Amambai.

O local fica uma quadra após a Avenida Bandeirantes, uma região de grande movimento de carros. “A igreja chega a fechar a rua com cones e placas para que os carros sejam estacionados em toda a rua”, reclama.

A leitora mora próximo à igreja e diz que é uma dificuldade passar pelo local, pois os carros ficam estacionados em fila dupla, dos dois lados da rua. Ela conta que já presenciou um casal querendo entrar na garagem de casa e não conseguia, pois tinham dois veículos estacionados em frente do portão.

A moradora finaliza dizendo que não tem nada contra a igreja, mas acredita que a lei de trânsito tem que valer em todos os lugares da cidade. “Não adianta fiscalizar as filas duplas somente em frente das escolas”. destaca.

De acordo o chefe de fiscalização da Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Carlos Guarini, nesses casos a rua pode ser bloqueada desde que seja autorizado pelo órgão, no entanto, em momento algum os veículos podem ser estacionados em frente a garagem atrapalhando a entrada e a saída dos moradores no local.

A infração é média para quem estaciona em frente de garagens, que equivale a R$ 85,13 e 4 pontos na carteira. “Não pode impedir a passagem dos moradores, se caso isso ocorra a Polícia deve ser acionada pelo 190 ou ligar no 188, número da Agetran", afirma Guarini.



Esse é o resultado da certeza da falta de uma fiscalização mais severa. Por diversas vezes já denunciei abusos em frente ao prédio onde resido e as autoridades de trânsito nada fizeram, tanto é que as infrações continuam acontecendo diariamente!
 
EDSON TROMBINE LEITE em 03/12/2013 14:11:12
NA FRENTE DE BOATES, CASAS NOTURNAS, PIZZARIAS, LANCHONETES, MAC DONALD´S DA AFONSO PENA, ETC, NINGUEM RECLAMA !!!
 
evandro farinelli em 03/12/2013 13:55:11
188 A NOITE? TÃO DE BRINCADEIRA NÉ? NEM DURANTE O DIA ATENDEM O QUE DIRÁ A NOITE.
MORADORA SEM IDENTIFICAÇÃO EM SP COMEÇARAM A FAZER A MESMA COISA EM FRENTE A CASA DE MINHA MÃE, JUNTAMOS OS MORADORES E COMEÇAMOS O ESVAZIAR OS PNEUS
 
Alex andré de souza em 03/12/2013 12:33:40
Nao sei o motivo da leitora não querer ser identificada. Eu mesmo já tive vários dissabores ao passar por alí em dia de reunião, é o meu caminho de casa para a empresa e já fui atrapalhado tanto na ida quanto na volta, na última reunião que teve, fiquei parado uns 20 min pois um carro queria sair do estacionamento do templo e outro queria entrar, ficaram os dois parados ser tomar iniciativa e eu sem alternativa fiquei esperando. Só sai quando disparei a buzina insistentemente aí o que estava tentando entrar deu ré e criou espaço para passagem não só minha mas para o outro sair! É necessário fiscalização rigorosa!
 
Fernando Almeida de Lima em 03/12/2013 12:25:28
E no mesmo bairro Amambaí, em frente a igreja perpétuo socorro, é o mesmo problema em dias de eventos. Só que nessa citada na reportagem, é um caos, é fila dupla, é tudo que se pode imaginar. Leis de transito respeitadas, a gente não vê em Campo Grande!!!
 
Paulo Régis em 03/12/2013 12:14:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions