A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

08/12/2013 15:02

Vídeo mostra festa de juízes que tira sono de moradores do TV Morena

Zana Zaidan
Moradores colocaram vídeo no Youtube, que mostra o volume do som no salão da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho.Moradores colocaram vídeo no Youtube, que mostra o volume do som no salão da Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho.

A frequência de eventos regados a música alta e discursos ao microfone na sede do clube de uma associação tem tirado o sono dos moradores da rua Lupércio de Miranda, no bairro Jardim TV Morena, em Campo Grande.

Indignada com o barulho das festas, que seguem madrugada a fora, uma leitora do Campo Grande News enviou vídeo em que usa um decibelímetro para mostrar a intensidade do som, que já foi motivo até de abaixo-assinado na vizinhança. A medição do aparelho atingiu 67 decibéis, enquanto, conforme a legislação municipal, o máximo permitido no período noturno (entre 21h e 6h) é de 45, em zonas residenciais.

As imagens, filmadas pela filha do assistente administrativo Valério Oliveira, 62 anos, são de uma festa na Amatra (Associação dos Magistrados da Justiça do Trabalho) que, segundo a leitora, começou pouco depois das 22 horas de sexta-feira (6).

Para os moradores, os magistrados deveriam dar o exemplo do cumprimento da lei, mas descumprem a Lei do Silêncio ao promover as festas durante a madrugada e em um bairro residencial.  “O clube tem um salão fechado, mas eles fazem as festas na área aberta, próxima à piscina. Acredito que se colocassem as caixas de som do lado de dentro, o barulho não seria tão prejudicial. O pessoal canta, fala alto, e fica bem difícil dormir”, comenta Oliveira, que mora na mesma rua do clube da associação.

No início do ano, os moradores organizaram um abaixo-assinado e recolheram 32 assinaturas, além de procurarem a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente) e a Deops (Delegacia Especializada de Ordem Política e Social). No entanto, nenhum boletim de ocorrência foi registrado porque o delegado responsável se dispôs a entrar em um acordo com representantes da Amatra.

Na época, os eventos no período noturno foram interrompidos, mas, de julho para cá, explica Oliveira, voltaram a ser freqüentes. “Temos crianças e idosos que moram por aqui. No mês passado foram duas festas, teve uma na semana anterior e, agora, esta de sexta-feira. Se nada for feito, vamos denunciá-los ao Ministério Público Estadual”, acrescenta.

O Campo Grande News tentou entrar em contato pelos telefones informados no site da Amatra, mas, até o fechamento desta reportagem, não conseguiu ouvir nenhum dos representantes da associação.



Se a lei é para todos, tem que ser cumpridas. Esses juízes se acham superiores, acima do bem e do mal......lamentável.....lamentável......
 
Cristina Rosa Cury em 09/12/2013 10:13:12
Não adianta ficar reclamando para a policia, a policia nem vai ao local, e se for, vão bater continência para os magistrados, e vão embora sem nenhuma providência.
Minha sugestão para o problema é a seguinte: Arruma um gambá daqueles bem grande, e bem fedorento, e joga no local da festa.
Ninguém vai suportar o "perfume" do bichinho, vai todo mundo embora, e a festa estará terminada.
Não será dificil encontrar um gambá, basta encomendá-lo aos chacareiros criadores de galinhas da região. Sempre que tiver festa no local, repita a dose.
 
VALDIR VILLA NOVA em 09/12/2013 09:37:35
LEI É LEI, É PARA QUE OBEDEÇA, DE MAMANDO A CADUCANDO NESTE PAÍS, PORTANTO, COMUNIQUEM AO DEOPES, POR ESCRITO, PERNAMBUCO ESQUINA COM A CEARÁ, A SEMADUR, PREFEITURA DEFRONTE A MATERNIDADE CÂNDIDO MARIANO, LIGUEM PARA 190, VÃO AO TRIBUNAL DE JUSTIÇA, FALEM COM O PRESIDENTE, COM DOCUMENTO POR ESCRITO, VÃO AO PREFEITO, GOVERNADOR, MAS NÃO PODEMOS, DEIXAR NINGUÉM, TORCER AS LEIS DESTE PAÍS, ESTADO OU MUNICÍPIOS, AINDA MAIS A LEI FEDERAL, LEI AMBIENTAL, LEI DO SILÊNCIO E DOS BONS COSTUMES, JUÍZES, GENERAIS, BRIGADEIROS, PRESIDENTES DA REPÚBLICA, GOVERNADORES, PREFEITOS, CORONÉIS, SÃO PASSIVOS DAS LEIS, QUANTO AOS FAVELADOS, LEI NÃO TEM DISTINÇÃO, NÃO DEEM MOLEZA NÃO, CHAMEM A IMPRENSA, TV. MORENA NELES, QUE EU QUERO VER, SE NÃO VÃO RESPEITAR A LEI, OU FAZER OUTRA LEI, BRASILEIROS, CONHEÇAM AS L
 
PEDRO BRAGA em 09/12/2013 09:28:41
a ideia dos ovos não é tão ruim assim, não machuca (fisicamente) ninguem, se a policia tem medo de tomar providencia,ou seja, ir ao local e mandar abaixar o som, os ovos seria até uma opçao passiva. Outra ideia é fazer gravação(filmagem), chamar os vizinhos, a policia, para testemunharem, vão filmando tudo, som, imagem, varias cameras e manda tudo pro youtub, manda as gravações para brasilia, site do supremo, redes de televisão, pra todo mundo. Certeza que esses folgados, isso mesmo, folgados, vão respeitar a LEI, o direito do PROXIMO, diga-se de passagem contribuintes, cidadãos que devem ser respeitados.Se nada funcionar desliga a força (padrão de energia).
 
silva souza em 09/12/2013 09:23:33
MAS ENTÃO O BUTECO DA ESQUINA DA MINHA CASA DEVE SER CHEIO DE JUIZ TAMBEM PORQUE EU CHAMO A POLICIA POR CAUSA DO SOM FAZ 6 ANOS E ELES NUNCA VEM.
 
maximiliano nahas em 09/12/2013 09:15:44
la a policia nao vai mas mas ontem a ciggoi veio aqui no nova esperança dos carros lotado de policiais apontando armas para mulheres gravida e com abuso de autoridades
 
vanderlei marques em 09/12/2013 08:23:01
EU JÁ FALEI, NA DITADURA ERA DIFERENTE!
 
JORGE MIRANDA em 09/12/2013 07:48:13
Já e hora do congresso criar juiz do ministério publico e tirar um pouco do poder desses juízes que se acham Deus na terra!Assim o ministério publico teria poder para prender,conceder alvará e acabar com esses que se jugam a lei!
 
Antonio Cicero da Silva em 09/12/2013 05:42:55
país de leis para o mais fracos...para os magistrados não tem Leis.
 
mariana almeida em 09/12/2013 04:59:24
Então os meritíssimos e os seus também gostam de uma baladinha. Meritíssimos tem que ter lugar certo pra isso! Pode atrapalhar o sono alheio não. E agora que eu quero ver quem vai assinar um documento mandando suspender as festinhas; pq nessa associação pooodeeee! rsrsrsrsrsrsrrs
 
Valter Castilho em 08/12/2013 21:38:42
Estávamos na tranquilidade do silêncio quando começaram os "fogos" estourando numa violência, sem prévio aviso. Foi um susto sem tamanho! Pensamos que era um atentado terrorista. Quase morremos de susto. Nosso cachorro teve ataque cardíaco. Quase foi fatal. Jamais poderíamos imaginar que se tratava de uma festa de "juízes". Socorro!
 
Sueli Lima em 08/12/2013 21:27:35
Se fosse na periferia já tinham dado fim em tudo.
 
Fernando Spolleto em 08/12/2013 20:41:56
nao adianta chorar . contra a força nao a poder
 
mario jose em 08/12/2013 20:00:05
Esses são os homens que fazem a lei do nosso estado e gostam de "ferrar" a vida da gente, ainda mais quando julgam causas somente para ricos! Tá explicado a morosidade........
 
Eneias Fortes em 08/12/2013 19:52:12
Recentemente a magistratura foi tomada pelos chamados concurseiros. Pessoas que só querem arrumar um bom emprego, objetivo aliás digno. No entanto, algumas funções como as da magistratura deveriam ser preenchidas por pessoas com elevado senso de cidadania e de bom senso, o que não tem sido o caso, A vulgaridade tem tomado conta da magistratura.
 
LUIZ EUGENIO DE ARRUDA em 08/12/2013 19:48:08
Se acham acima da lei , deveriam dar exemplo .
os vizinhos não querem ouvir a festa dos bacanas ok !! , os vizinhos não são obrigados a ouvir essa babaquice , ai vc chama a policia passa por palhaço , sr magistrado toma vergonha na cara . !!!!
 
Ricardo Thomazini em 08/12/2013 19:29:10
DESCASO DO DELEGADO TINHA QUE REGISTRADO O BOLETIM AGORA É PORQUE SÃO JUIZES IA PROCURAR ACORDOS UM
 
claudinei braz de lima em 08/12/2013 19:27:00
Uma vergonha, pois um clube de magistrados deveria saber os limites das condutas em sociedade, ter respeito como próximo. Agora, qual autoridade vai tomar providencia?
 
Claudemir Rodrigues em 08/12/2013 18:22:56
Srs moradores, no inicio da semana coloquem alguns ovos em um saco plastico e deixe-os ao sol ate sexta ou sabado. Ao iniciar a bagunça, basta joga-los na festa. O cheiro é insuportavel, nao deixam digitais e se por acaso acertar alguem nao vai mata-lo. A PM nao resolve, ja chamei inumeras vezes e nada. Usei ovos e resolvi minha noite de sono.
 
Alex Andre De Souza em 08/12/2013 17:39:19
Para informação dessa pessoa, que fez aferição do som se ela tivesse ficado quietinha durante a gravação até poderia valer de alguma coisa e outra app de celular não é passível de 100% de acerto. Sendo que aparelhos que aferem o som de um local é calibrado só para esse tipo de serviço.
 
Denis Lara em 08/12/2013 17:19:42
Esse é o Brasil, belo exemplo destes senhores.
 
Carlos Magno em 08/12/2013 17:17:45
CADE A POLICIA ELES NAO CONHECEM A LEI QUE ELES LEGISLAO
 
cesar lopes em 08/12/2013 17:16:35
Só quem tem um vizinho assim, é que sabe o tamanho do prejuízo.
 
Valter Oliveira em 08/12/2013 16:27:56
Aplicativo de Decibelímetro pra celular não serve pra nada, só pra ocupar memória. Eu tenho um decibelímetro calibrado e a diferença pra todos aplicativos que eu ja baixei é absurda.
 
Joaquim Modesto em 08/12/2013 15:56:41
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions