A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

16/08/2010 11:09

Aberto hoje, Canasul discute setor sucroenergético em MS

Redação

A quarta edição do Canasul (Congresso de Tecnologia na Cadeia Produtiva da Cana-de-Açúcar em Mato Grosso do Sul) foi aberta hoje no Centro de Convenções Rubens Gil de Camillo, em Campo Grande.

Com perspectiva de produzir 37 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2010/2011, Mato Grosso do Sul vai se tornar o quinto maior produtor do Brasil. Contudo, a meta é disputar o segundo lugar no ranking com Goiás, Minas Gerais e Paraná. O setor é liderado por SãoPaulo.

Durante a abertura, o presidente da Fiems (Federação das Indústria de Mato Grosso do Sul), Ségio Logen, afirmou que o Sistema Idústria já investiu R$ 5 milhões no setor sucroenergético por meio do Sesi, Senai e IEL. Ele destacou que o setor é uma das bases da atividade industrial do Estado e emprega 30 mil trabalhadores.

O presidente da Biosul (Associação dos Produtores de Bionergia de MS), Roberto Hollanda, afirmou que o Canasul traduz o bom momento do setor no Estado. "A cada ano que passa, nós estamos conseguindo atingir o desenvolvimento de forma sustentável graças à integração dos segmentos fundamentais do setor sucroalcooleiro".

"Precisamos fazer com que o mundo compre e passe a utilizar o nosso etanol como uma alternativa limpa ao petróleo", destacou a secretária estadual de Produção, Tereza Cristina Corrêa da Costa Dias.

Durante à tarde desta segunda-feira serão realizadas palestras sobre o papel do governo federal no desenvolvimento do setor sucroenergético e programas de melhoramento genético da cana-de-açúcar. O Canasul acontece até amanhã.

De forma paralela, será realizada a Feicana/Feibio, maior feira voltada a empresários do setor no Brasil. A Feicana acontece entre os dias 17 e 19, no Pavilhão Albano Franco.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions