A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

27/05/2009 15:49

Chuva deve cair em Dourados, mas não salvará as lavouras

Redação

Até sexta-feira (29), deve chover cerca de 20mm sobre a região de Dourados, mas mesmo assim não será o suficiente para reverter o quadro de perdas na lavoura, que já chegam a R$ 56,1 milhões, conforme estima o presidente da Associação dos Engenheiros Agrônomos da Grande Dourados, Bruno Tomasini.

Segundo o agrometereologista da Embrapa, Cláudio Lazarotto, seriam necessários 60mm de chuva nos próximos dias para que as lavouras reagissem ao longo período de estiagem. Ele calcula uma perda de 50% da produção de grãos em Dourados.

A estiagem prejudicou 1,4 milhão dos 1,7 milhão de hectares plantados em Mato Grosso do Sul nesta safra. Algumas regiões foram mais afetadas e outras menos, o que deixa uma média 35% de perda.

Agora, os produtores, em especial da região sul do Estado, vão amargar um prejuízo maior do que tiveram na safra de verão, quando a quebra foi de 9%.

O quanto caiu - Segundo a Estação Meteorológica da Embrapa as chuvas ocorridas na primeira quinzena de maio deste ano totalizaram 21mm, representando apenas 19% da média histórica de 30 anos, que é de 113mm. O pesquisador Ricardo Fietz ressalta que nos últimos quatro anos as chuvas em maio foram inferiores a media mensal.

"As precipitações insuficientes ocorridas em Dourados não podem ser generalizadas para toda a região sul de Mato Grosso do Sul. Com base nos registros de algumas estações meteorológicas do Instituto Nacional de Meteorologia, verifica-se que em alguns municípios da região ocorreram chuvas mais significativas em maio", atenta Fietz.

Entre os municípios que mais tiveram chuva em maio destacam-se Sete Quedas, com 147mm; e Ponta Porã com 109 mm. No então, há locais onde a quantidade de chuva mal passou da casa dos dois dígitos, como em Rio Brilhante, onde choveu apenas 14mm. (Com informações do Site Dourados Agora).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions