A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017

02/02/2017 10:39

Chuva já atrapalha e colheita da soja está em 3,2% da área plantada em MS

Expectativa da Aprosoja era chegar a 5% até o dia 27 de janeiro; na região de Dourados, no entanto, colheita está dentro do esperado

Helio de Freitas, de Dourados
Colheita da soja começou na semana passada em MS (Foto: Helio de Freitas)Colheita da soja começou na semana passada em MS (Foto: Helio de Freitas)

A chuva que cai quase todos os dias nas regiões sul, sudoeste e central de Mato Grosso do Sul já provoca um pequeno atraso na colheita da safra de soja. Em muitas lavouras a terra está encharcada e as máquinas não conseguem entrar para colher o grão.

De acordo com a Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul), o atraso ainda é pequeno. O último relatório do projeto Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), divulgado ontem, aponta que 3,2% da área plantada de soja no estado foi colhida até o momento.

A estimativa inicial era de colher 5% da safra estadual até o dia 27 de janeiro. No entanto, as chuvas da semana passada interromperam os trabalhos em vários municípios produtores. Nesta semana a chuva continua, o que atrasa ainda mais a colheita.

Mato Grosso do Sul plantou 2,5 milhões de hectares com soja na safra 2016/2017 e a produção estimada é de 7,8 milhões de hectares.

Conforme a Aprosoja, a região sul de MS está com a colheita mais avançada – em torno de 3,9%. A região norte está com 2,3% de área colhida e a região central é a mais atrasada, com 1,7% da colheita finalizada.

Na região de Dourados, uma das maiores produtoras de soja do estado, a colheita está dentro da normalidade, segundo o engenheiro agrônomo Gilberto Darci Bernardi. “A chuva atrapalha um pouco, mas a colheita não está atrasada”.

Região sul – Conforme a Aprosoja, 20 dos 22 municípios do sul do estado acompanhadas pelo Siga MS já iniciaram a colheita. Apenas os produtores de Jardim e Bonito ainda não começaram a colher a soja. Amambai, Antônio João, Aral Moreira, Coronel Sapucaia e Laguna Carapã são as mais avançadas da região sul, com 6% da área concluída.

Já dos sete municípios região central, quatro começaram a colher: Campo Grande, Nova Alvorada do Sul, Rio Brilhante e Sidrolândia. Bandeirantes, Jaraguari e Terenos ainda não colocaram as máquinas nas lavouras. A Capital está mais avançada, com 3% da produção colhida.

Região norte – De acordo com a Aprosoja, das 10 cidades da região norte, cinco começaram a colher a soja: Alcinópolis, Chapadão do Sul, Costa Rica, São Gabriel do Oeste e Sonora.

Camapuã, Coxim, Paraíso das Águas, Pedro Gomes e Rio Verde ainda não iniciaram a colheita. As cidades mais avançadas são Chapadão do Sul e Costa Rica, com 5% da área colhida.

Em comparação à safra anterior, o percentual de área colhida é inferior em aproximadamente 5,6% para a data de 27 de janeiro. “Devido às condições climáticas registradas nesta safra, com veranicos ou chuvas muito esparsas, o tempo de vida da planta no campo foi maior, causando esse pequeno atraso médio de percentual de colheita”, afirma a Aprosoja.

Área aumentou – A projeção para a safra 2016/2017 em comparação aos números finais da safra anterior mostra que a área plantada com soja aumentou pelo menos 2,4% em Mato Grosso do Sul. MS passa de 2,46 milhões de hectares plantados no ciclo anterior para 2,52 milhões de hectares semeados agora.

Levantamento da Conab (Companhia Nacional de Abastecimento) mostra que a produção estadual deve crescer 8,7%, passando de 7,2 milhões para 7,8 milhões de toneladas. Se a estimativa se confirmar, a produtividade média deve superar 52 sacas por hectare, número obtido na safra 2014/2015.

Gilberto Bernardi disse que na região de Dourados a produtividade está em média em 3 mil quilos por hectare. “Varia muito de lavoura para lavoura. Onde teve mais chuva a produtividade é maior. Tem caso que uma parte da lavoura vai produzir mais que o quinhão do lado porque recebeu mais chuva”, afirmou.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions