A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

21/10/2014 11:10

Defesa sanitária e animal recebe 26 veículos para atuar em 18 municípios

Priscilla Peres e Leonardo Rocha
Governador entregou as viaturas na presença de demais autoridades do setor. (Foto: Marcos Ermínio)Governador entregou as viaturas na presença de demais autoridades do setor. (Foto: Marcos Ermínio)
Iagro vai receber 26 veículos para aumentar atuação em  18 municípios. (Foto: Marcos Ermínio)Iagro vai receber 26 veículos para aumentar atuação em 18 municípios. (Foto: Marcos Ermínio)

A Iagro (Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal) recebeu hoje 26 veículos que serão utilizados para intensificar as atividades em 18 municípios de Mato Grosso do Sul. Nove caminhonetes Amarok e 16 Fiats Uno foram adquiridos por meio de um convênio entre o governo estadual e a União e um van equipada comprada com recursos próprios.

Os investimentos nos veículos ultrapassa R$ 1.200 milhão e a maior parte vem da Suasa (Sistema Unificado de Atenção à Sanidade Agropecuária), criado em 2006 para ampliar ações de inspeção de alimentos de origem animal e vegetal.

O governador André Puccinelli (PMDB) contabiliza os investimentos e afirma que em quase 8 anos de gestão, foram doados 226 veículos para a Iagro que somam R$ 9 milhões em investimentos. "Todos dos investimentos federais tiveram a contrapartida do Estado, somos competentes em buscar essas parcerias e esse é um resultado do ótimo trabalho feito".

A Diretora da Iagro, Maria Cristina Carrijo, explica que essa van adquirida com recursos próprios vai atuar principalmente nos municípios de fronteira, fazendo a classificação dos grãos. "Esse modelo é o primeiro no Estado e junto com os demais veículo vai nos ajudar a continuar fiscalizando e incentivando a produção rural".

O secretário de Produção do Estado, Paulo Engel, disse que os veículos serão um reforço importante para o Estado e usados como instrumentos de trabalho. "O Iagro é muito importante na nossa produção agropecuária, pois cria ambientes favoráveis através da vigilância sanitária. Evoluímos muito em produção e a Iagro faz parte dessas conquistas, que inclusive trouxeram muitas industrias".

Puccinelli lembrou que em 2007 foi registrado um surto de aftosa no Estado. "Ficamos embargados para vender carne, mas em 2008 conseguimos a liberação e de lá para cá foram só vitórias". O superintendente federal de agricultura e pecuária, Orlando Baez, ressaltou que o Brasil é o principal exportador de carne bovina do mundo, assim como entre os maiores exportadores de carne de frango e suína.

"Para isso acontecer precisamos de uma resposta do mercado internacional em relação a sanidade animal, e nosso Estado faz muito bem a sua parte. Felizmente o Estado conseguiu tornar a aftosa apensa uma historia do passado", disse Orlando.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions