ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SÁBADO  22    CAMPO GRANDE 24º

Interior

Defron prende alvo que estava na lista da Interpol e tentou enganar policiais

Operação Predador foi realizada em Coronel Sapucaia, fronteira com o Paraguai

Por Aline dos Santos e Helio de Freitas, de Dourados | 04/05/2024 17:38
Viatura da Defron em frente a imóvel durante a Operação Predador. (Foto: Divulgação)
Viatura da Defron em frente a imóvel durante a Operação Predador. (Foto: Divulgação)

A Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Fronteira) prendeu foragido que estava na lista da Interpol (polícia internacional). No momento da prisão, João Lucas Pulcheta, 29 anos, ainda tentou enganar os policiais, apresentando documento falso. A Operação Predador foi realizada na manhã deste sábado (dia 4) em Coronel Sapucaia e mira a facção criminosa PCC (Primeiro Comando da Capital).

Os policiais chegaram à residência de João Lucas às 6h30. O alvo demonstrou grande nervosismo e apresentou documento falso. Ele tinha dois mandados de prisão em aberto, ambos por tráfico de drogas e associação criminosa.

Uma ordem era de preventiva e a outra por condenação a 13 anos de prisão. João Lucas também foi autuado em flagrante pelo crime de uso de documento falso. Os policiais ainda apreenderam automóveis.

Ele é marido da ex-vereadora Natacha Kuasne e genro do ex-prefeito de Coronel Sapucaia, Ney Kuasne.

Na mesma cidade, foi preso Ramon Valadão, de 33 anos. Ele tinha em casa duas armas de fogo (pistola e revólver), um carregador de fuzil, carregadores de pistola 9 mm, munições de diversos calibres, 100 gramas de haxixe e R$ 9 mil em espécie. A operação apreendeu aparelhos celulares, computador, notebook, automóveis e motocicleta de luxo.

Ramon foi atuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e posse/porte ilegal de arma de fogo de uso restrito.

A ação faz parte de investigação para prender integrantes da maior facção criminosa do País, que estão instalados na fronteira com o Paraguai, de onde enviam drogas e armas para todo o Brasil.

Policiais apreenderam armas e munição em operação contra o PCC. (Foto: Divulgação)
Policiais apreenderam armas e munição em operação contra o PCC. (Foto: Divulgação)

Denúncia - A Defron recebe denúncias por meio do telefone (67) 99208-8808. Não precisa se identificar e a ligação ou mensagem serão mantidas em sigilo. O serviço funciona 24 horas por dia, sete dias por semana.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias