A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017

27/04/2017 11:24

Mais popular, Expoagro ignora crise e facilita acesso de estudantes

Feira agropecuária de Dourados acontece de 12 a 21 de maio e Sindicato Rural decidiu aceitar inclusive recibo de mensalidade e declaração de escolas para comprovar direito à meia-entrada

Helio de Freitas, de Dourados
Lúcio Damália fala sobre Expoagro 2017, que acontece em maio (Foto: Helio de Freitas)Lúcio Damália fala sobre Expoagro 2017, que acontece em maio (Foto: Helio de Freitas)

Com cinco shows nacionais, ingresso de pista de R$ 20 a R$ 40 e facilidade para o estudante ter acesso à meia-entrada, a Expoagro (Feira Agropecuária de Dourados) será mais popular neste ano. O evento começa no dia 12 e vai até o dia 21 de maio.

Nesta quinta-feira (27), o Sindicato Rural de Dourados apresentou a feira em uma coletiva de imprensa no Parque de Exposições João Humberto de Andrade Carvalho, onde acontece a 53ª Expoagro.

Apesar da crise do país, o presidente do Sindicato Rural, Lúcio Damália, disse que o agronegócio não para, mesmo com falta de dinheiro.

“A crise de falta de dinheiro existe, mas o produtor rural precisa comprar máquinas e animais. É da sua natureza colocar todo seu patrimônio no solo. Ele já está acostumado a enfrentar a crise, continua investindo e produzindo”, afirmou Damália.

Com programação voltada à exposição de animais de raça, máquinas e veículos, além de palestras, cursos e seminários, a Expoagro 2017 quer alcançar faturamento de R$ 100 milhões a R$ 150 milhões. “Nossa previsão é pé no chão, não gostamos de inflacionar os números”.

Shows – A abertura oficial da Expoagro ocorre às 10h do dia 13 de maio, mas a programação começa na sexta-feira, com o show de Luan Santana. O ingresso inteiro para a pista custa R$ 30. A entrada para a área vip custa R$ 70 e o camarote, R$ 120.

No sábado, dia 13, o show será da dupla Chitãozinho e Xororó, com ingresso a R$ 30 para a pista e R$ 120 para o camarote.

No dia 17, quarta-feira, tem o show de Marília Mendonça, com ingresso a R$ 40 para a pista, R$ 100 para a área vip e R$ 100 para o camarote.

Loubet e Munhoz e Mariano cantam na sexta-feira, dia 19, com ingresso de R$ 20 para a pista, R$ 60 para a área vip e R$ 100 para o camarote.

A programação de shows termina no dia 20, com a dupla Henrique e Diego e o DJ Dennis. O ingresso para a pista será de R$ 30, R$ 70 para a área vip e R$ 120 para o camarote.

Exposição de máquinas durante a Expoagro do ano passado (Foto: Divulgação)Exposição de máquinas durante a Expoagro do ano passado (Foto: Divulgação)

Venda de bebida – O primeiro-secretário do sindicato, Paulo César Barbosa Vieira, disse que o sistema adotado no ano passado para evitar a venda de bebida alcoólica para menores será repetido. O espaço para comercialização desses produtos será fechado e apenas maiores de 18 anos, com apresentação de documento, poderão ter acesso.

Representantes do Juizado de Menores, seguranças, guardas municipais e policiais vão coibir o consumo de álcool no espaço fora do cercado. Segundo Paulo Vieira, no ano passado foram duas ocorrências envolvendo menores consumindo álcool, contra uma média de 50 nas feiras anteriores.

A entrada e permanência de menores de idade vão seguir as normas de uma portaria da Vara de Infância e da Juventude de Dourados. Criança de até 11 anos devem estar sempre acompanhada dos pais ou de seu responsável legal.

Crianças de 12 a 15 anos de idade devem estar acompanhadas dos pais, tutor ou de um terceiro, desde que este seja maior de idade e tenha autorização por escrito dos pais ou outro responsável pelo menor.

Adolescente de 16 e 17 anos terão entrada permitida, desde que apresentem documento oficial com foto. Menores sem documento de identidade deverão estar acompanhados dos pais, que precisam levar a certidão de nascimento das crianças.

Estudantes – Neste ano, o Sindicato Rural de Dourados decidiu facilitar o acesso dos estudantes à meia-entrada para os shows. A entidade fez um acordo com o Procon e decidiu aceitar qualquer declaração oficial de instituição de ensino para comprovar a condição de estudante.

Entretanto, carteirinhas com validade superior a um ano, como as fornecidas por universidades particulares, não serão aceitas. Segundo o sindicato, nesses casos não há como saber se a pessoa ainda é estudante ou se já concluiu o curso. O comprovante de pagamento de mensalidade pode ser apresentado por essas pessoas.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions