A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

18/11/2013 15:28

No 1º dia, leilão de produtores rurais contra invasões garante R$ 600 mil

Zana Zaidan

No primeiro dia de captações, o “Leilão da Resistência”, organizado por produtores rurais de Mato Grosso do Sul, garantiu pelo menos R$ 600 mil para contratação de segurança particular para as fazendas e evitar a invasão dos índios.

A Acrissul (Associação dos Criadores de MS), uma das entidades organizadoras do evento, confirmou hoje (18) a doação de 500 cabeças de bovinos que, comercializados atualmente com o valor mínimo de R$ 1,2 mil - segundo o presidente da entidade, Francisco Maia - poderiam garantir a arrecadação.

Conforme Maia, os 500 bovinos foram todos doados por “produtores solidários à causa”. “Nenhum deles teve fazendas invadidas. Nossa classe é unida e todos estão engajados, oferecendo o que podem, para nos ajudar”, explica.

Como o leilão está marcado para o dia 7 de dezembro, Maia estima que a iniciativa “ainda vai arrecadar muito mais”. “A logística de transportar gado não é simples, mas aceitamos de tudo. Várias leiloeiras estão participando e vão nos ajudar, donos de lojas agropecuárias vão doar produtos, todo o setor está comprometido”, reforça.

Meta – O presidente da entidade prefere não trabalhar com valores. Para Maia, a meta não é “arrecadar muitos milhões”, e sim mostrar para o governo federal o que a classe unida é capaz de conseguir.

“O setor mais importante do país, o agronegócio, está sendo agredido. Se alguém ver sua casa invadida, vai fazer de tudo para proteger, e estamos agindo por causa da omissão de quem deveria estar nos protegendo”, justifica, ao defender, ainda, que os indígenas têm direito a reivindicar as terras, mas quem deve se responsabilizar pelo questão “é a União, e não o produtor rural, com essa insegurança para trabalhar”.

Leilão da Resistência - O Leilão da Resistência está marcado para odia 7 de dezembro, a partir das 14 horas, no tatersal de elite 1 da Acrissul, no Parque de Exposições Laucídio Coelho, em Campo Grande.

A Acrissul espera reunir pelo menos 2 mil produtores rurais de todo o Brasil, entidades ruralistas e lideranças da sociedade civil organizada e políticos comprometidos com a causa dos proprietários rurais, a fim de lançar um manifesto nacional contra a onda de invasões indígenas a terras produtivas e legalizadas.



Agora o bicho vai pega.....
 
Alex andré de souza em 18/11/2013 16:35:13
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions